Anadia/AL

28 de setembro de 2021

Anadia/AL, 28 de setembro de 2021

Crianças de 7 e 5 anos são usadas para fabricar Fake News em Teotônio Vilela, denuncia avó

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 8 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cc
Foto: Correio dos Municípios

A avó de duas crianças supostamente fotografadas procurando comida no lixo, no município de Teotônio Vilela, denunciou nesta sexta-feira (6) que os netos, de sete e cinco anos, foram usados de forma covarde em um registro fotográfico montado. Ela negou que as crianças estivessem passando fome, como foi divulgado em um site de notícias, e registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de São Miguel dos Campos.

Cícera Ferreira da Silva registrou um BO por exposição de criança ou adolescente a vexame e constrangimento e também por difamação. As crianças foram fotografadas na quinta-feira (5), na rua em que residem com a avó, Cícera Ferreira da Silva, no loteamento Parque do Futuro III. No mesmo dia, o referido site publicou uma matéria intitulada “Estudante flagra crianças procurando comida no lixo em Teotônio Vilela”.

A estudante que fotografou e divulgou as imagens é Elaine Correia, filha do candidato a vereador Ronivaldo Correia, aliado de Zé Gomes, que disputa a prefeitura de Teotonio Vilela com Peu Pereira, candidato apoiado pelo prefeito Joãozinho Pereira. “Chegou um pessoal para fotografar a rua que eu moro e, como meus netos são curiosos, foram olhar… Aí pediram para eles ficarem perto do lixo para tirar foto deles”, contou Cícera, em depoimento prestado à Polícia Civil e também gravado em vídeo. [veja abaixo]

Ela relatou ainda que, além de “montadas”, as fotos do casal de netos não foram autorizadas por ela, responsável pelas crianças. Na mesma tarde, Cícera recebeu a visita de um rapaz que mostrou as fotos, espalhadas em sites e nas redes sociais falando que as crianças estavam passando fome.

Cícera desabafou que a fraude humilhou sua família e fez com que passasse vergonha, já que após a publicação da Fake News, estiveram em sua residência representantes do Conselho Tutelar, assistentes sociais e profissionais do posto de saúde local para verificar a denúncia.

“Ela (a estudante) está mentindo. Meus netos não estão com fome. Na minha casa tem Wi-Fi, tem antena da Sky e não falta comida. Meu marido está trabalhando em Minas Gerais, eu recebo R$ 560 por mês e ele manda dinheiro pra mim todo mês. Na minha casa ninguém passa fome”, reforçou Cícera, indignada com a situação que será apurada pela Polícia.

Redação

Fonte: Correio dos Municípios 
 
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter