Anadia/AL

23 de setembro de 2021

Anadia/AL, 23 de setembro de 2021

Filho de vereadora faz ameaças e diz que assassino do vereador Renildo “vai dar pisa em um bocado de gente”

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de novembro de 2020

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
rs=w_350,h_263,i_true,cg_true,ft_cover (2)

Filho de vereadora faz ameaças e diz que assassino do vereador Renildo “vai dar pisa em um bocado de gente” em Coqueiro Seco – Foto: Internet

O clima eleitoral em Coqueiro Seco pode esquentar a qualquer momento. Nesta terça-feira Makswel Soares, conhecido como Quinho, que é filho da vereadora Jane e do ex-vereador Marcelo do Coco, soltou um áudio ameaçador nos grupos de Whatsapp. “Preparem as malas que o Tadeu vem com força. E o Zé Renato para dá-lhe pisa em um bocado de gente sem vergonha, de novo”. Ao fundo uma segunda voz diz “vixe, Maria”.

Quinho e seus pais apoiam Tadeu Fragoso (Pros), que disputa a eleição com a atual prefeita Decele Damaso (MDB) e Ycaro Roque (PMN).

A vereadora Jane do Coco não disputará a reeleição. O candidato é seu esposo, Marcelo do Coco, que tenta voltar à Câmara. Dos nove vereadores coqueirenses apenas Jane do Coco vota em Tadeu Fragoso. Os demais apoiam a reeleição de Decele Damaso.

Quem é José Renato?

O fazendeiro José Renato de Oliveira e Silva é pai de Tadeu Fragoso. Ele foi condenado a 19 anos de prisão por ter sido o mandante do brutal assassinato do vereador por Coqueiro Seco, José Renildo dos Santos, ocorrido em março de 1993. Renildo foi sequestrado, torturado, esquartejado e decepado. O crime está ligado ao fato do vereador ser homossexual.  A cabeça de Renildo foi encontrada em Xexéu e a outra parte do corpo em Água Preta, que são cidades do interior pernambucano.

Na época do brutal assassinato Tadeu Fragoso era prefeito de Coqueiro Seco e sofria forte oposição de Renildo dos Santos.  

“O caso requer atenção e é preciso que a denúncia deja levada para o Conselho de Segurança e a uma delegacia para que a gravação seja apurada. Infelizmente, durante o período eleitoral materiais desse tipo têm surgido. Confirmadas as veracidades, os autores serão identificados e as providências tomadas”, Nivaldo Barbosa Jr, presidente da OAB Alagoa

Fonte: Cada Minuto




Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter