Home NotíciasSaúde Família consegue remédio para mais de 1 ano de tratamento de criança com tumor

Família consegue remédio para mais de 1 ano de tratamento de criança com tumor

Por Alagoas Brasil Noticias

Por Tatianne Brandão | 19 :47

Uma corrente de fé e solidariedade tomou conta de centenas de pessoas que se comoveram com a história do pequeno Arthur Omena, que sofre de teratóide rabdóide, um tumor grave no canal medular. Em outubro deste ano, novos tumores apareceram no cérebro e coluna. A mãe da criança, a alagoana Aline Omena, recorreu às redes sociais para apelar por doações para a compra de uma droga experimental para o tratamento que custa R$ 200 mil o frasco. A ação deu certo e, hoje, a família conseguiu arrecadar o suficiente para 1 ano e dois meses de tratamento.

Segundo Aline, a primeira dose da medicação chegou ao Brasil e aguarda os procedimentos legais, no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, para embarcar para Maceió. 

“Se Deus quiser, semana que vem ele começa a tomar. E que agora a gente possa redobrar as orações para que faça efeito e que ele não sofra muito”, pediu Aline.

Nas redes sociais, a mãe de Arthur agradeceu a todos que contribuíram com as doações. “Passando para agradecer por todo tipo de ajuda que a gente recebeu até aqui, por todas as doações, todas as orações, todas as ações tão bonitas que se espalharam pela cidade. A gente se sentiu, além de tudo, muito abraçado e numa corrente de muita fé, muito amor e solidariedade. Muito obrigada!”.

Foram 12 dias de campanha, mas a família ainda precisa de ajuda, já que o tratamento do pequeno Arthur deve durar 2 anos.

“Em 12 dias, graças a Deus e a vocês conseguimos arrecadar para mais de um ano de tratamento, ainda falta um pouco porque são dois anos de tratamento, mas sei que vamos conseguir. Eu não conseguirei nunca expressar minha gratidão. No pior momento da nossa vida, a gente conheceu o que tem de melhor no ser humano”, completou.

Para quem quiser ajudar, com qualquer quantia em dinheiro, basta acessar o link da Vakinha [clique aqui].

Fonte: Gazeta Web 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário