nem todas as empresas operam em day trade como pagar imposto de renda sobre opções binárias trada de ferro vitoria minas operação tração tubarao 2 xp investimentos swing trade opço es binarias funcionam ranking opções binarias como apagar operação no trade map como operar plataforma day trade price action opcoes binarias opcoes binarias indicadores price action opções binarias pdf wendel curso de opções binárias opções binárias legalidade online forex trading brokers in india quero ser trader harrison investimentos gratis confirguraçao do pimbar para opçoes binarias real time forex trading signals
Home Geral PF prende 5 integrantes de quadrilha de tráfico internacional de droga

PF prende 5 integrantes de quadrilha de tráfico internacional de droga

Por Alagoas Brasil Noticias

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil – 19:38

A Polícia Federal (PF) de São Paulo prendeu hoje (20) cinco integrantes de um grupo responsável pelo aliciamento de pessoas usadas para fazer o transporte de cocaína do Brasil para o Líbano. Outros três investigados estão foragidos. Além de comprar a droga na Colômbia, trazer para o Brasil e aliciar pessoas, os criminosos providenciavam a hospedagem, o transporte com as malas, os contatos e a recepção das remessas no Líbano.

“Eles sempre colocavam com a mula [pessoa que leva a droga] um acompanhante para evitar que o aliciado desistisse de concluir a missão, por meio de intimidação e ameaças.

O objetivo era garantir que as mulas embarcassem, assim o acompanhante ficava até o momento do check-in. Quando ocorriam abordagens pela polícia, essas pessoas desapareciam para não serem pegas. “A droga era transportada na mala que seria despachada”, informou a Polícia Federal.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo, Jundiaí e Foz do Iguaçu. Também foram efetivadas medidas judiciais de bloqueio de valores e sequestros de veículos, imóveis e dinheiro, que totalizaram aproximadamente R$ 132 milhões. Com os integrantes da quadrilha foram apreendidos também mais de 60 quilos de cocaína e R$ 250 mil.

“Uma das características desse grupo é a de que os pagamentos para as mulas só eram feitos depois de duas ou três viagens e variavam entre US$ 15 a 25 mil. A organização é libanesa e já atua há pelo menos quatro anos. As mulas são geralmente estrangeiros, libaneses”, afirmou a PF.

As investigações estão em andamento desde 2017 e os membros da organização foram identificados devido a delações premiadas. Uma das dificuldades para concluir a operação Overweight foi a de que os criminosos sempre mudavam de endereço. “Para executar a operação hoje, muitos endereços foram obtidos na semana passada”, disse a PF.

Os envolvidos responderão pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e organização criminosa.

Fonte: Agência Brasil 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário