declarar operações negativas day trade transmissão ao vivo trader operando ao vivo no mini indice investing opcoes binarias investing melhores corretoras e mais seguras de opções binarias faca dinheiro com opcoes binarias: a estrategia das calendas cono ser acertivo em opções binarias é possivel operação trader a noite como investir na investing trader guia completo de como ter sucesso nas operações day trade gerenciador opcoes binarias g44 trader investir metodo trader operar cmelhores corretoras para operar como trader estrategia de 15 minutos opçoes binarias opções binárias e opção digital operadora para trade melhores operadoras de opções binárias
Home Brasil Subprocuradores se revoltam e divulgam nota contra ameaça de “estado de defesa” feita por Augusto Aras

Subprocuradores se revoltam e divulgam nota contra ameaça de “estado de defesa” feita por Augusto Aras

Por Alagoas Brasil Noticias
Augusto Aras (Foto: Pedro França/Agência Senado)| 19:46

 Subprocuradores da República divulgaram nesta quarta-feira (20) uma nota com duras críticas ao procurador-geral da República, Augusto Aras, pela manifestação em que o PGR diz que “estado de calamidade pública é a antessala do estado de defesa”

O documento, assinado por seis subprocuradores da PGR, cobra de Aras lembram que a pandemia do coronavírus já causou a morte de 211 mil brasileiros e aponta a incompetência do governo ao enfrentamento da pandemia. 

“Não bastassem as manifestações de autoridades em dissonância com as recomendações das instituições de pesquisa, tivemos a demora ou omissão na aquisição de vacinas e de insumos para sua fabricação, circunstância que coloca o Brasil em situação de inequívoco atraso na vacinação de sua população”, diz o documento. 

Os procuradores cobram de Augusto Aras atuação contra o descaso de Jair Bolsonaro na pandemia. “O Ministério Público Federal e, no particular, o Procurador-Geral da República, precisa cumprir o seu papel de defesa da ordem jurídica, do regime democrático e de titular da persecução penal, devendo adotar as necessárias medidas investigativas a seu cargo”, dizem os integrantes da PGR. 

A manifestação de Augusto Aras, divulgada em nota nessa terça-feira (19), ocorreu em meio ao aumento da pressão pelo impeachment de Jair Bolsonaro nas redes sociais e em setores da oposição, após o agravamento da crise da saúde pública no Amazonas.

“Consideramos, por fim, que a defesa do Estado democrático de direito afigura-se mais apropriada e inadiável que a antevisão de um ‘estado de defesa’ e suas graves consequências para a sociedade brasileira, já tão traumatizada com o quadro de pandemia ora vigente”, acrescentam. 

O documento é assinado pelos subsprocuradores José Adonis Callou de Araújo Sá, José Bonifácio Borges de Andrada, José Elaeres Marques Teixeira, Luiza Cristina Fonseca Frischeisen, Mario Luiz Bonsaglia e Nicolao Dino.

Fonte: Brasil 247 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário