qaul o minimo para investir em day trade como operar com segurançã o olymp trade blue trade invest material opçoes binarias estrategias lucrativas opções binárias melhor corretora pltaforma opções binárias na bolsa de valores 2016 uk maritime trade operations ukmto securuty o que significa delay nas opçoes binarias ferramentas opções binarias operar no trade tem que realuzar no dia quais enpr investir no swing trade melhores prataformas de opçoes binarias pode operar day trade com duas contas workshop digital forex trading 08 mai 2019 opçoes de investimento 2020 investir em trader é bom negócio operação de trade finance exemplos
Home NotíciasEconomia Alagoas tem os combustíveis mais caros do Nordeste

Alagoas tem os combustíveis mais caros do Nordeste

Por Alagoas Brasil Noticias

Alagoas tem os combustíveis mais caros do Nordeste | Arquivo Gazetaweb | Carlos Nealdo | 14:10

A gasolina comum comercializada nos postos alagoanos registrou o maior preço do Nordeste na primeira quinzena de janeiro, segundo levantamento divulgado nessa quarta-feira (20), pela Ticket Log. De acordo com os dados, o valor médio do combustível comercializado no Estado atingiu R$ 4,963 – uma alta 1,7% em relação ao mesmo período de dezembro do ano passado.

Além da gasolina, Alagoas também registra o preço mais alto do diesel, R$ 4,014, e do diesel S-10, R$ 4,074. Segundo levantamento, o preço médio da gasolina no Nordeste atingiu R$ 4,846 – uma alta de 1,79%. Na comparação entre as regiões, foi o valor mais alto para o combustível. Se comparada às outras regiões do país, a região Nordeste teve a maior alta no preço do etanol nos primeiros dias de janeiro.

O aumento de 1,78% colocou o preço médio por litro do combustível em R$ 3,772. O etanol é encontrado com o menor valor na Paraíba, onde é comercializado a R$ 3,568. Mas o estado, a exemplo do que aconteceu com a gasolina no período, teve a maior alta de preços do combustível, de 4% em relação a dezembro.

O estado também concentra a maior alta para o diesel S-10 no território nacional, de 3,22%, com o combustível sendo encontrado a R$ 3,881. No Maranhão, o etanol tem o preço mais caro, R$ 3,986.

“Tanto a gasolina quanto o etanol aumentaram em todos os estados do Nordeste neste início de ano. Mas, embora a região tenha a maior média por litro de gasolina, o combustível ainda compensa sobre o etanol nos nove estados, se pensado dentro da relação 70/30”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

O Rio Grande do Norte se destaca pelas menores altas entre quatro dos cinco combustíveis analisados pela Ticket Log. Os preços do diesel e do diesel S-10 subiram 1,5%, do etanol 0,2%, e da gasolina, 0,8%. Além do estado potiguar, o Ceará também registra aumentos abaixo de 1% em etanol, 0,8%, e gasolina, 0,9%.

ALTA

Na terça-feira (19), a Petrobras reajustou o preço da gasolina em 7,6%, o que fez com que o preço médio do combustível nas refinarias passasse para R$ 1,98 por litro – uma alta absoluta de R$ 0,15. Em nota, a estatal informou que seus preços têm como referência a chamada paridade de importação, impactada por fatores, como os valores do petróleo e o câmbio.

O repasse dos reajustes nas refinarias aos consumidores finais nos postos não é garantido e depende de uma série de questões, como margem da distribuição e revenda, impostos e adição obrigatória de etanol anidro e biodiesel. Segundo a Petrobras, dados do Global Petrol Prices, referentes ao último dia 11, indicavam que o preço médio ao consumidor de gasolina no Brasil era o 52º mais barato dentre 165 pesquisados, estando 21,6% abaixo da média de US$ 1,05 por litro.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202; e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

Fonte: Gazeta Web 
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário