hl corretora opçoes binarias bonus opçoes binarias é melhor operar opções binárias em dólar ou real free simulation of a trade forex operation best forex trading platform for mac cálculo de volume de velas opções binárias desagio é normal no operação de day trade operar meta trader opções binárias três toques linhas de tendencia opções binarias como operar como trader na compra e venda de dolares como operar trade sem perder dinheiro operações long e short de trader sala de sinais opções binarias trader esportivo operando forex spread trading strategies trabalhar como trader na internet sem investir
Home NotíciasEducação Abstenção no segundo dia de provas do Enem sobe para 55,3%

Abstenção no segundo dia de provas do Enem sobe para 55,3%

Por Alagoas Brasil Noticias

JP RODRIGUES/ ESPECIAL PARA O METRÓPOLES | GABRIELLA FURQUIM | 22:38

Um número ainda maior de estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) optou por não fazer a prova neste domingo (24/1). De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a abstenção foi de 55,3% – no primeiro dia de aplicação, os ausentes representaram 51,5%.

Em números absolutos, 2.470.396 pessoas compareceram às provas e 3.052.633 faltaram. Ao todo, eram esperados 5,5 milhões de candidatos. O número exclui os candidatos do Amazonas e de duas cidades de Rondônia, onde os testes não foram aplicados em decorrência de decisões judiciais e municipais por causa da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, neste domingo, 1.274 participantes foram eliminados por descumprirem as determinações do edital. Foram registradas 14 ocorrências médicas.

Ao comentar a abstenção recorde, Lopes pontuou as gratuidades. De acordo com ele, nesta edição, cerca de 70% dos estudantes não precisaram pagar para se inscrever no Enem, enquanto em anos anteriores, o percentual de inscritos isentos era de 50%.

Sobre os prejuízos decorrentes dos gastos com os inscritos que não compareceram, Lopes afirmou: “A gente não tem como imprimir menos provas do que inscrições, por exemplo. As provas são nominais e não tem como saber quem vai ou não”. Ele ainda ponderou que a decisão de não participar da prova é “individual”.

Apesar do número de alunos que optaram por não fazer a prova ser maior do que o de inscritos que participaram do exame, o presidente do Inep avaliou como positiva a realização do Enem 2020.

O prazo para os inscritos solicitarem o acesso à reaplicação das provas começa às 12h da próxima segunda-feira (25). De acordo com o Inep, qualquer estudante que tenha sido impedido de fazer as provas pode pedir para participar do Enem 2020 em fevereiro.

O presidente do Inep reafirmou que os inscritos barrados por não haver espaço suficiente nas salas de aula em decorrência da adoção de medidas sanitárias para evitar a disseminação do novo coronavírus não precisaram apresentar nenhum documento da situação.

Conforme ele havia afirmado ao Metrópoles, os inscritos terão apenas que relatar o ocorrido e o Inep irá conferir se as informações batem com as registradas nas atas das salas onde as provas foram aplicadas.

Lopes atualizou o número de locais onde o problema teria ocorrido. Segundo ele, alunos foram barrados em 37 escolas de 11 cidades. As informações ainda estão sendo recolhidas, de acordo o presidente do Inep.

Ao todo, 18.210 inscritos pediram a reaplicação por conta de doenças infectocontagiosas, como a Covid-19. Na coletiva de imprensa, o Inep informou que 13.716 pedidos já foram deferidos.

Fonte : Metrópoles 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário