da para operar day trader pelo celular aplicativo opções binarias forex trading philippines seminar naji nahas investir em opçoes como preencher darf ganho de capital opçoes binarias 2019 opções binárias?trackid=sp-006 trader iniciante fazendo operação indicador de topos e fundos do mercado opçoes binarias www.opcoesbinarias.biz cur cursos de opções binárias reclame aqui programa que prevê variação de opções binárias melhor operadora de day trade onde escreve forex trading center melhor curso opções binárias umas menções sobre as opções binárias como resgatar dinheiro de opções binárias operações binárias calculadora trade forex proprietary trading firms london
Home Alagoas Abastecimento oxigênio para rede Covid-19 em AL está garantido para 2021

Abastecimento oxigênio para rede Covid-19 em AL está garantido para 2021

Por Alagoas Brasil Noticias
Foto:  Assessoria | 23:41

 As ações preventivas do Governo de Alagoas , de forma organizada, têm gerado resultados positivos neste enfrentamento à pandemia da Covid-19. Uma nova medida que reflete diretamente neste contexto foi anunciada na tarde desta terça-feira (26), pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, em suas redes sociais.

Na postagem na rede social Twitter, o secretário garantiu que Alagoas tem, para este ano, o abastecimento de oxigênio para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) que recebem e tratam pacientes com a Covid-19.

“Aqui em Alagoas, eu e o governador Renan Filho tomamos as precauções e garantimos o abastecimento de oxigênio para as nossas UTIS Covid-19, durante o ano de 2021. Nossa meta é continuar salvando vidas”, escreveu o secretário.

Em contato com a empresa White Martins Gases Industriais do Nordeste, que tem contrato com a Sesau, o Estado de Alagoas mostrou-se favorável em dar continuidade ao recebimento de serviços prestados pela empresa, a exemplo de fornecimento de gases medicinais com cilindros e tanques em regime de comodato, além de locação de cilindro portátil em alumínio para oxigênio com regulador e fluxômetro integrado ao cilindro com capacidade de até 1,0m³ a 200 bar de pressão, destinados à rede hospitalar de responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde.

No contrato vigente, segundo o secretário Alexandre Ayres, consta que em 2020, o total de consumo de oxigênio líquido mais o comprimido não chegaram a 60% na rede hospitalar estadual. “A manutenção deste fornecimento é importante para que a nossa rede pública, sobretudo as nossas UTIs Covid-19, continue desenvolvendo esse trabalho de salvar vidas”, destaca o secretário. 

Fonte: Diário Arapiraca 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário