estrategias para investir em binarias estudo de velas opcoes binarias forex trading 2 reclame aqui planilha de investimentos trader esportivo fornacao de trader opções binárias livros sobre análise técnica opções binárias sma opções binarias imperial trading forex média de 14 períodos opções binárias opcoes binarias investimento melhor investimentos trader ir ações operações comuns e day trade livros para operar com opções binárias curso opcoes binarias gratis opções binarias ou opçoes forex trading companies in uk operar como trader aulas gratis
Home Alagoas Alagoas confirma 547 casos e 9 mortes por Covid-19 em 24h

Alagoas confirma 547 casos e 9 mortes por Covid-19 em 24h

Por Alagoas Brasil Noticias

Reprodução – 23:07

Alagoas confirmou 547 casos e 9 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) desta terça-feira (26).

Maceió registrou 372 casos confirmados e cinco óbitos.

Desde o começo da pandemia, o estado contabiliza 115.383 casos confirmados e 2.701 óbitos provocados pela doença. Já na capital alagoana, foram registrados 42.280 casos e 1.207 mortes.

Dos casos confirmados no estado, 110.050 pacientes se recuperaram.

Segundo o boletim de leitos da noite de segunda (25), a taxa total de ocupação chegou a 45%. Dos 728 leitos, 326 estão ocupados. Sobre os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dos 224 leitos, 115 estão ocupados, o que equivale a 51%.

Há em todo o território alagoano 8.045 casos em investigação, à espera de resultado de exame.

Mais nove mortes por Covid-19

  • Maceió: Homem, 68 anos – asmático e doença respiratória crônica
  • Maceió: Homem, 73 anos – hipertenso
  • Maceió: Homem, 84 anos – sem comorbidades
  • Maceió: Mulher, 50 anos – hipertensa e obesa
  • Maceió: Mulher, 52 anos – imunossupressão
  • Penedo: Homem, 64 anos – sem comorbidades
  • Santana do Ipanema: Homem, 77 anos – sem comorbidades
  • Olho d’Água das Flores: Homem, 81 anos – sem comorbidades
  • Batalha: Homem, 88 anos – doença cardiovascularFonte: G1-Al


Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário