da para operar day trader pelo celular tabela excel gratis opções binárias corretora de opções binárias graatuitas quais bolsas posso operar 24 hrs no day trade planilha controle de opçoes binarias opções binárias operar barra elefante day trade investments melhores sinais de opcoes binarias online online currency trading forex planilha de gerenciamenti para opções binárias estudo das opçoes de investimento operando day trade rico video operando na bolsa de valores real trader swing trade o ideal e investir para quantos dias simulador de investimento em ações fast trade gratuito opçoes binarias aovivo planilha opções binárias download grátis
Home NotíciasPolitica Governo Bolsonaro pagou R$ 9 milhões em bombons a empresa cuja sede fica em casa no Paraná

Governo Bolsonaro pagou R$ 9 milhões em bombons a empresa cuja sede fica em casa no Paraná

Por Alagoas Brasil Noticias

(Foto: Twitter/Jandira Feghali).  22:54

A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) divulgou na noite desta terça-feira (26) que a empresa de quem o governo Jair Bolsonaro comprou R$ 9 milhões em bombons em 2020 tem como sede uma casa na cidade de Campo Largo, Paraná.
 
“Essa empresa vendeu em larga escala milhões de bombons pro Governo, a princípio com R$ 89 a unidade. Ou uma caixinha. Entre as especificações da empresa está o comércio de doces para revendedores de rua, como ambulantes”, escreveu a deputada Jandira Feghali pelo Twitter. 

Segundo dados do Ministério da Economia, no último ano, todos os órgãos do Executivo pagaram, juntos, mais de R$ 1,8 bilhão em alimentos – um aumento de 20% em relação a 2019. Entre outros gastos absurdos do governo Bolsonaro com alimentos em 2020, está a despesa de R$ 15,6 milhões com leite condensado. Em cada lata do produto, o governo pagou R$ 162. A empresa que forneceu fica no subsolo de um prédio comercial

Nesta terça-feira, os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) protocolaram uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU) pedindo que o órgão investigue os gastos do Executivo em alimentação.

Fonte: Brasil 247


Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário