invest trader coin best indicators for day trading forex esma opçoes binarias europa plataforma para operar day trade no banco inter opções binarias forex isenção renda variavel inclui operações comum e day trade automated trading strategy forex store facebook opçoes binarias inidicadores opçoes binarias mt4 opcoes binarias entrar como montar operação de trade pelo app rico como declarar renda de opções binárias programa opções binarias a2 trader juros compostos investir 8000 opçoes binarias martinge operação buy and holl swing trade sala de sinais de opções binárias
Home Brasil Governo do AM exonera dois funcionários por ‘fura-fila’

Governo do AM exonera dois funcionários por ‘fura-fila’

Por Alagoas Brasil Noticias
 
Wilson Lima, governador do AmazonasImagem: Maurilio Rodrigues/Secom | 10:25
 
Dois funcionários do governo do Amazonas que foram vacinados, mas não pertencem à linha de frente do combate à covid-19 foram exonerados nesta segunda-feira, 25. A medida foi direcionada ao motorista do governador Wilson Lima, Gerberson Oliveira Lima, e à diretora do Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, Michele Adriane Pimentel Afonso, que não é um hospital de tratamento da covid no Estado. Ambos foram vacinados no primeiro dia da campanha no Estado.

O governador determinou abertura de procedimento administrativo disciplinar e ordenou que o caso seja comunicado, oficialmente, ao Ministério Público Federal (MPF). Em nota, o governo disse que uma apuração identificou que foi a diretora do hospital que incluiu indevidamente o nome de Gerberson na lista de trabalhadores da saúde. Gerberson foi demitido. Michele, funcionária concursada, deve responder a um processo administrativo disciplinar. 

Além deles, furou a fila da vacinação o secretário municipal de Limpeza Urbana de Manaus, Sabá Reis. Ele testou positivo para covid-19 e a família decidiu levá-lo de avião para um hospital em São Paulo.

A prefeitura informou que o secretário tem 65 anos, diabetes e está estável, sem informar qual hospital foi internado. Pelo menos outros três funcionários da prefeitura furaram a fila da vacinação, além do secretário Reis: a secretária de Saúde, Shádia Hussami Hauache Fraxe, e os assessores da Secretaria Municipal de Saúde, Clendson Rufino Ferreira e Stênio Holanda Alves.

A prefeitura não se manifestou desde quando foram divulgadas as listas de vacinação a pedido da Defensoria Pública, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE), sobre possíveis punições aos fura-fila. Nesta segunda-feira, 25, o TCE enviou ofício à prefeitura pedindo explicação sobre a lista que “contém de nomes repetidos e centenas de CPF´s inexistentes ou errados”.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que está em Manaus desde domingo, participou nesta segunda-feira de uma reunião com o governo do Estado e “pediu” que todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade passem a atender pacientes de covid-19. Atualmente, há 12 unidades que prestam atendimento exclusivo à covid na capital.

Fonte: Terra 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário