olymp trade operando com criptomoedas curso de trader presencial sp xp investimentos investir 10 dolares em trade graficos para opções binarias sato operando day trade ao vivo forex option trading strategies o que é martingale opções binarias simulador de opcoes binarias indicador online opçoes binarias aprenda opções binárias forex trading predictions opções binárias verdades e mitos reliable forex trading companies opçoes binarias igor luiz de 161 a 1000 dolares opçoes binarias melhor app day trade operar no grafico operações swing trade andre moraes
Home NotíciasPolitica Quem é Joaquim Silva e Luna, o novo presidente da Petrobras

Quem é Joaquim Silva e Luna, o novo presidente da Petrobras

Por Alagoas Brasil Noticias

Foto: Jornal do Correio do Povo de Alagoas | 23:18

 Anunciado nesta sexta-feira como novo presidente da Petrobras, o general de Exército Joaquim Silva e Luna é atualmente o diretor-geral da parte brasileira da usina hidrelétrica de Itaipu. É visto nos bastidores como uma pessoa da confiança do presidente Jair Bolsonaro.

Pessoas que conhecem Silva e Luna o descrevem como um militar “moderado”, “discreto” e que não se envolve em questões políticas, perfil que o credenciou ao cargo em Itaipu num momento em que Bolsonaro queria reduzir a influência política sobre a estatal.

Indicado para presidir uma das maiores petroleiras do mundo, o general não tem no seu currículo oficial experiência ou formação na área. Mas a experiência de dois anos na Itaipu teria sido levado em consideração na escolha de Bolsonaro.

Silva e Luna foi o primeiro militar a comandar o Ministério da Defesa desde 1999, quando o ministério foi criado. Ele assumiu o cargo em fevereiro de 2018 e ficou até o fim do governo Temer.

Promovido em 2011 a general de Exército (quatro estrelas), Silva e Luna trabalhou por anos  no primeiro escalão do Ministério da Defesa.

Em vários pronunciamentos, reuniões ministeriais e transmissões ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro fez elogios à gestão de Silva e Luna da margem brasileira da usina. Bolsonaro costuma parabenizar o general pelas obras feitas por Itaipu.

— Aqui tem um general de Exército, que estava no Ministério da Defesa, no governo anterior. E foi escolhido por nós, juntamente com o ministro Bento Albuquerque, que é das Minas e Energia, para administrar a Itaipu Binacional. Até antes dele assumir, quanto se investia em obras daquela empresa? Quase zero. Quase tudo era voltado pro dito social. O melhor social que a gente pode dar para o povo é educação e trabalho — disse Bolsonaro, no dia 4 de feveiro.

Natural de Barreiros (PE), o general Silva e Luna nasceu em 29 de dezembro tem 71 anos de idade. Ele ingressou em 1969 na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Durante a carreira, Silva e Luna comandou o 6º Batalhão de Engenharia de Construção (1996-1998), em Boa Vista (RR), e a 16ª Brigada de Infantaria de Selva (2002-2004), em Tefé (AM).

Em Brasília, o general foi diretor de patrimônio (2004-2006), chefe do gabinete do Comandante do Exército (2007-2011) e chefe do Estado-Maior do Exército (2011-2014).

À época, Silva e Luna era nome de confiança do então comandante do Exército, general Enzo Peri. Silva e Luna também participou da Missão Militar Brasileira de Instrução no Paraguai. Também foi adido em Israel de 1999 a 2001.

Fonte: Jornal Correio do Povo de Alagoas 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário