curso opções binárias e robos é bom newsprofin opçoes binarias opções binárias oq apostas estudo de opções binarias trading de forex oque é fx trading forex da para operar tape reading com o tryd trader porque voce nao deve investir em opções binárias trader investment wallpaper phone crypto trader operando muito além de bitcoin trade coin brasil g7 investimento demo robo opçoes binarias fazer operações no mercado trade parabolic sar opçoes binarias configuração como operar day trade primo rico programa para fazer balanço de operações day trade video de trader operando dolar
Home NotíciasPolicia Polícia Federal prende mulher em flagrante com R$ 1 mil em cédulas falsas em Maceió

Polícia Federal prende mulher em flagrante com R$ 1 mil em cédulas falsas em Maceió

Por Alagoas Brasil Noticias

Livia Leão, com assessoria – Divulgação/PF

A Polícia Federal em Alagoas prendeu em flagrante delito na tarde desta segunda-feira (22) uma mulher maior de idade no momento em que recebia correspondência contendo cédulas falsas procedentes de Belo Horizonte/MG.

A inteligência da Polícia Federal em Brasília alertou a Polícia Federal em Alagoas que uma encomenda poderia estar trazendo cédulas falsas para Maceió/AL. De posse dessas informações, policiais federais passaram a realizar diligências que pudessem levar à localização da encomenda e à identificação do destinatário, bem como a pessoa que adquiriu as cédulas falsas, buscando a confirmação da ilicitude.

A ação teve seu desfecho quando os policiais federais identificaram a destinatária da encomenda suspeita. Em sendo assim, ela foi abordada pelos policiais federais que solicitaram a abertura do envelope. Ficou constatado, no interior do envelope, que havia 10 (dez) cédulas de R$ 100,00 (cem reais) falsas, totalizando o valor de R$ 1.000,00 (hum mil reais).

A envolvida recebeu voz de prisão em flagrante pela prática de crime de moeda, foi conduzida para a Sede da Polícia Federal em Alagoas onde confessou que adquiriu as cédulas. Foi indicada pelo crime de adquirir moeda falsa e ficará à disposição da Justiça Federal, sujeitando-se à pena de até 12 anos de reclusão.

Após a autuação, a presa será encaminhada para exame de corpo de delito no IML – Instituto de Medicina Legal de Maceió e, em seguida, para a audiência de custódia na Justiça.

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário