Home Mundo Agência regulatória dos EUA diz que vacina da Johnson é eficaz contra variante da África do Sul

Agência regulatória dos EUA diz que vacina da Johnson é eficaz contra variante da África do Sul

Por Alagoas Brasil Noticias
 
Janssen é o braço farmacêutico da Johnson&Johnson (Foto: Artur Widak/NurPhoto via Getty Images) | 15:37

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos atestou que a vacina da Janssen, farmacêutica da Johnson&Johnson, é eficaz contra a covid-19 e também contra a variante da África do Sul. Até o momento, a vacina é a única que foi apresentada em uma dose dose.

Segundo estudos da FDA, a eficácia geral da vacina nos Estados Unidos foi de 72% e, para evitar casos graves da covid, a vacina é 86% eficaz. Em relação à variante sul-africana, o imunizante mostrou eficácia de 64% e, para casos graves causadas pela mesma mutação, a vacina mostra ser 82% eficaz.

Anteriormente, a Janssen havia informado que a vacina tinha eficácia de 66% para prevenção de casos graves ou moderados.

A eficácia geral da vacina da Janssen é mais baixa do que aquela apresentada pelos imunizantes da Pfizer e da Moderna. Por outro lado, foi a que apresentou mais resultado contra a variante da África do Sul.

O imunizante já foi testado em diversos países, como Estados Unidos, África do Sul, Chile, Argentina e também no Brasil. Ao todo, 44 mil pessoas participaram dos estudos, sendo 7,5 mil brasileiros.

A empresa já pediu uso emergencial da vacina nos Estados Unidos no último dia 4. A previsão, segundo o jornal The New York Times, é que a autorização seja dada no dia 27 de fevereiro.

Fonte: Yahoo 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário