Em conversa com o jornalista Thiago Asmar, Carina Pereira falou sobre os efeitos do assédio moral que disse ter sofrido dentro da Globo. A apresentadora falou que sofria dentro da emissora e já havia denunciado o tratamento abusivo que estava acontecendo.

– As pessoas que estavam em volta achavam que ele tava me elogiando e eu sabia que ele tava acabando comigo. Ele tava me destruindo, eu me sentia um nada. Eu ia pra casa péssima, quando eu não ia chorar no caminhão da UM – disse a apresentadora em live com Thiago Asmar. 

Asmar, que é dono do canal “Pilhado”, no YouTube, também falou sobre a ‘cultura do abuso’ que diz ter presenciado. Na ocasião da demissão da jornalista, ele saiu em defesa de Carina quando ele passou por um ‘climão’ e entrou ao vivo mesmo sabendo que estava demitida.

O jornalista contou que as “piadas e ironias” vinda dos chefes no tempo em que ele era repórter da Globo também afetaram ele no canal e revelou que já chamou um de seus supervisores para uma briga, durante uma reunião.

Veja abaixo um trecho na entrevista.

 
 
Fonte: Lance Net