A bandeira tarifária cobrada na  conta de luz  dos brasileiros permanecerá amarela em março, com custo de R$1,343 para cada 100kWh consumidos. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em fevereiro, embora tenham sido registrados significativos volumes de chuvas nas principais bacias do Sistema Interligado Nacional (SIN), os principais reservatórios ainda estão com estoque reduzido e muito abaixo do padrão histórico registrado entre setembro e janeiro.

Com a manutenção do acionamento da bandeira amarela é importante reforçar ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Aneel como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia gerada por meio de usinas térmicas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade.

Quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais térmicas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira fica amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Os valores das bandeiras tarifárias são atualizados todos os anos e levam em consideração parâmetros como estimativas de mercado, inflação, projeção de volume de usinas hidrelétricas, histórico de operação do Sistema Interligado Nacional.

Dicas de economia de energia

Chuveiro elétrico:

Ar condicionado:

  • Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado;
  • Manter os filtros limpos;
  • Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado; e
  • Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto.

Geladeira:

  • Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;
  • Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções;
  • Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira;
  • Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos;
  • Não forrar as prateleiras; e
  • Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente.

Iluminação:

  • Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; e
  • pintar o ambiente com cores claras.

Ferro de passar:

  • Juntar roupas para passar de uma só vez;
  • Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura;
  • Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by:

  • Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências. 

 Fonte: IG