Home Alagoas Após decreto em AL, especialista explica como fica situação de festas em salões de condomínios

Após decreto em AL, especialista explica como fica situação de festas em salões de condomínios

Por Alagoas Brasil Noticias

*Reprodução

O Governo de Alagoas decretou, nesta semana, o retorno do estado à fase amarela do distanciamento social controlado para conter os avanços da Covid-19. Com as novas regras, o Cidade Alerta Alagoas, da TV Pajuçara, conversou com um especialista em direito condominial para saber como fica a situação das festas em salões de condomínios. 

O advogado Cézar Nantes reforçou que o decreto não permite festas privadas e afirmou que os síndicos responsáveis pelos condomínios precisam estar atentos para cumprir as normas. 

“O decreto trouxe expressamente a proibição de eventos públicos e privados. Ou seja, neste momento não é hora de fazer festa, é momento de fechar tanto salão de festa, como churrasqueira. Esses eventos dentro do condomínio não podem ocorrer. Outro evento que não pode ocorrer neste momento, que não é recomendado, são as assembleias condominiais de forma presencial. […] É recomendado neste momento aquela assembleia híbrida, ou seja, semipresencial, com no máximo 20 pessoas de forma presencial e o restante de forma virtual”, disse. 

“Infelizmente vários condôminos não ficarão satisfeitos. Vai ser uma grande responsabilidade neste momento para o síndico absorver esse impacto… Daquela festa que já estava reservada, pessoas que estavam ansiosas por aquela festividade. Mas não é o momento, nós estamos em uma pandemia, o decreto foi feito para ser cumprido. E o síndico tem que trazer todas essas recomendações sanitárias para dentro do condomínio. Infelizmente tem que suspender. O síndico tem que exigir uso de máscara, cuidados sanitários, criar regras provisórias se não forem expressas no regimento interno e aplicar as penalidades. Ele tem que ser bastante rígido pelo bem de todo mundo dentro do condomínio”, completou. 

Veja a entrevista completa no vídeo abaixo. 

 

 
Fonte: TNH1
 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário