Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

Subtenente da reserva da PM de Alagoas é morto em troca de tiros no Piauí

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 6 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
xxz

Armas de fogo, munições e identidades funcionais dos militares alagoanos foram apreendidas | Cortesia | 21:15

Um subtenente da reserva da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) morreu durante uma troca de tiros, na manhã deste sábado (06) no bairro Poti Velho, zona norte de Teresina, no estado do Piauí. De acordo com informações da polícia local, a vítima, três pessoas e outros dois militares, teriam ido ao estado para cobrar uma dívida, quando foram recebidos a tiros. Armas de fogo, munições e identidades funcionais dos militares alagoanos foram apreendidas.

Conforme o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar do Piauí, tenente-coronel Maurício de Lacerda, o subtenente João Wellington Bezerra Lins foi atingido por tiros no tórax, foi socorrido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu aos ferimentos. Segundo informações, os outros dois militares foram presos em flagrante.

Em entrevista ao portal GP1, o comandante disse que a suspeita é que o subtenente, acompanhado de outros dois policiais militares de Alagoas e mais três pessoas, saíram de Alagoas em dois carros, um modelo Fiat Linea, e uma caminhonete Nissan Frontier, para cobrar uma dívida. Ao chegarem no bairro Poti Velho, em Teresina, foram recebidos a tiros por um homem que ainda não identificado.

“A gente acompanhou o pós-ocorrência e viemos tomar conhecimento que tinha um cidadão baleado no HUT. Nos deslocamos até lá e foi constatado que se tratava de um policial da reserva remunerada do estado de Alagoas e que estava no Piauí com mais dois policiais da reserva remunerada e outras três pessoas comuns. A princípio, eles contaram que vieram fazer uma cobrança de dinheiro, mas não disseram realmente do que se tratava, nem qual foi o negócio que fizeram e nem qual foi a quantia. Chegando no local combinado, o cidadão que estava lá já os recebeu com disparos de arma de fogo, onde atingiu o subtenente na região do tórax”, explicou comandante do 1º BPM.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do Piauí, vai investigar as circunstâncias da morte do subtenente. Os outros dois militares e as três pessoas que estavam com a vítima foram ouvidos pelo delegado.

A Gazetaweb entrou em contato com a assessoria da PM de Alagoas e aguarda um posicionamento.

Fonte: Gazeta Web 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter