Anadia/AL

24 de outubro de 2021

Anadia/AL, 24 de outubro de 2021

Italiano preso pela morte de bacharel escondia munições e pretendia fugir após o crime

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
xxz

Laura Menezes | Italiano preso pela morte de advogado pretendia fugir após o crime | Tatianne Brandão | 09:45

O italiano Pasquale Palmeri, de 75 anos, suspeito de matar o marido de uma advogada em frente ao Fórum do Barro Duro, nessa terça-feira (09), tinha dinheiro, cartões de crédito e roupas dentro de um veículo e pretendia fugir após o homicídio. Tal fato leva a polícia a pensar que o crime foi premeditado.

A informação consta no relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp). Já nesta quarta-feira (10), o suspeito deve passar por audiência de custódia.

Ainda conforme o relatório, além do homicídio qualificado, o suspeito deve responder por tentativa de homicídio contra outras duas pessoas.

Além da arma utilizada para a prática do crime – um revólver calibre 32 -, vários outros materiais foram apreendidos pela guarnição, dentre eles: um aparelho celular, três chips de telefonia móvel, R$ 5.786,00, uma fita crepe de cor amarela utilizada para encobrir a placa de um automóvel, cinco cartões de crédito, nove munições calibre .32 – sendo duas deflagradas, três pinadas e quatro intactas.

Também foi encontrada a quantia de $ 20 (vinte dólares americanos), além do automóvel Chevrolet/Prisma, de cor cinza e placa QNF-0379/AL, que estava no local estacionado com todo o material e roupas, como forma de preparação para a fuga.

Logo após o crime, o italiano foi preso e conduzido à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol.

A esposa da vítima e principal testemunha do homicídio, prestou depoimento nessa terça-feira (9), horas após o assassinato. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Alagoas acompanha o caso.

Fonte: Gazeta Web 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter