Anadia/AL

27 de outubro de 2021

Anadia/AL, 27 de outubro de 2021

MPAL cobrará explicações sobre bebês infectados na UTI Neonatal da Santa Mônica

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
xxz
André Palmeira / 17:13
 
A Força-Tarefa de Combate à Covid-19 do Ministério Público do Estado de Alagoas reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (10), para discutir mais medidas de enfrentamento à pandemia. Dentre os assuntos debatidos, o colegiado definiu que vai instaurar procedimento preparatório para apurar a infecção de 15 recém-nascidos na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal da Maternidade Santa Mônica, em Maceió.  

Quem falou sobre o caso foi a promota de Justiça Louise Teixeira, que gravou um vídeo e detalhou quais providências serão tomadas pelo Ministério Público. 

“Tendo em vista as informações veiculadas pela imprensa local no sentido de que existem 15 bebês contaminados pela Covid-19 na UTI Neonatal da maternidade escola Santa Mônica, o Ministério Público decidiu instaurar, no âmbito da 26ª Promotoria de Justiça da Capital, especializada na área da saúde, procedimento para acompanhar a situação. Antes mesmo que fossem solicitadas informações, a direção da Santa Mônica encaminhou para o MP todas as providências que já foram adotadas para que os cuidados fossem redobrados em relação à essa questão. Foi encaminhada cópia de um memorando elaborado pelo Serviço de Infecções Hospitalares, bem como consta a informação do aumento de dois leitos de UTI Neonatal do âmbito daquela maternidade. A cópia dos autos também será encaminhada ao Núcleo da Infância e da Juventude do MP, também para acompanhamento e adoção das providências pertinentes. E em breve será designado um dia para realização de uma reunião também para tratar desse assunto. Portanto, o MP fará o acompanhamento devido de toda essa questão”, disse a promotora.

O caso

A Maternidade Escola Santa Mônica (MESM) comunicou, por meio de nota na terça-feira, 9, que 15 bebês testaram positivo para o novo coronavírus. Outros dois que estavam sob suspeita da doença, testaram negativo e já receberam alta. Com isso, a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) está isolada para pacientes com Covid-19. 

A maternidade afirmou que alguns bebês chegaram infectados de outro município, uns são filhos de mães que estão com a doença e outros pegaram a Covid-19 na maternidade. A maternidade voltou a receber pacientes externos normalmente no fim da manhã de ontem.

Fonte:  TNH1 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter