Anadia/AL

17 de outubro de 2021

Anadia/AL, 17 de outubro de 2021

Gilmar Mendes desmente Ernesto Araújo: “Fake news”

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 11 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
2020-08-04T111325Z_1_LYNXNPEG730U6_RTROPTP_4_SAUDE-CORONAVIRUS-GILMARMENDES-MASCARAS
Por Cássia Miranda – Foto: Reuters

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) desmentiu, na noite de quarta-feira, 10, e chamou de “fake news” uma sequência de publicações feitas pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Twitter, sobre a condução da pandemia no Brasil.

Nas mensagens, em inglês, o chanceler repetiu a afirmação feita pelo presidente Jair Bolsonaro de que uma decisão da Corte tirou o poder do governo federal para determinar medidas de enfrentamento à covid-19. O magistrado, também em inglês, classificou o comentário como “fake news”.

“A CNN entende tudo errado sobre Brasil e Covid. Aqui estão os fatos: Após uma decisão da Suprema Corte de abril de 2020, os governadores estaduais – não o presidente – têm, na prática, toda autoridade para estabelecer / administrar todas as medidas de distanciamento social”, escreveu Araújo.

Também em inglês, Gilmar Mendes rebateu a informação distorcida pelo chanceler.”A verdade é que o Supremo Tribunal Federal decidiu que as administrações federal, estadual e municipal têm competência para adotar medidas de distanciamento social. Todos os níveis de governo são responsáveis pelo desastre que enfrentamos”, afirmou o ministro do STF.

No início do ano, o Supremo publicou nota, em 18 de janeiro, esclarecendo que nunca proibiu o governo federal de estabelecer medidas de combate ao coronavírus.

“Na verdade, o Plenário decidiu, no início da pandemia, em 2020, que União, Estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavírus. Esse entendimento foi reafirmado pelos ministros do STF em diversas ocasiões”, diz o texto.

Fonte: Terra

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter