Anadia/AL

16 de outubro de 2021

Anadia/AL, 16 de outubro de 2021

Desarmado, homem é baleado por militares após perseguição em Porto Calvo

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 12 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
abordagem_tiro_perna_porto_calvo

Por Luan Oliveira – O homem, já fora da moto, aparenta estar alcoolizado ou sob o efeito de entorpecentes nas imagens

Um homem desarmado foi baleado com uma munição não-letal por um policial, nesta sexta-feira (12), em Porto Calvo, no interior de Alagoas. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), ele estava pilotando uma motocicleta na AL-101 Norte, quando a guarnição pediu para que ele encostasse o veículo. O rapaz teria tentado fugir da abordagem e furado a barreira sanitária do município.

 

Em um vídeo que circula nas redes, é possível ver o momento em que o policial efetua um disparo de advertência em direção ao chão. Os policiais não fazem uma tentativa de dominá-lo fisicamente antes dos disparos, e confirmaram que ele estava desarmado.

O comandante do BPRv, tenente-coronel Everaldo Liziário, afirmou que a operação foi “estritamente policial” e que os militares agiram de forma correta. “A PM, por representar o estado naquele momento, teve de usar a força para conter o indivíduo”, disse. Ainda segundo ele, o homem teria empurrado os militares em um momento que não foi registrado no vídeo.

Após o disparo na perna do homem, que se encontrava contra a parede e cercado, a polícia informou que o levou a um hospital para ser medicado. Em seguida, ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Matriz do Camaragibe, onde foi indiciado por direção perigosa, resistência à prisão “e outros delitos”.

Na delegacia, ainda segundo a polícia, o homem continuou exaltado e gritando que ninguém o prenderia. Os militares não encontraram drogas sob a posse do homem ou em seu veículo. Ainda não há informações sobre o motivo do homem ter fugido da guarnição. Ele passará por um teste do bafômetro para verificar se estava alcoolizado.

Casos de violência

Casos recentes de truculência na abordagem da Polícia Militar vêm trazendo críticas à atuação da corporação no estado. Uma abordagem em Piaçabuçu, também registrada em vídeo, mostrou militares dando socos e chutes em dois jovens antes de liberá-los.

Nesta quinta-feira (11), cinco militares foram presos suspeitos do homicídio e ocultação do cadáver de Jonas Seixas da Silva, um pedreiro que residia na Grota do Cigano, no Jacintinho, e desapareceu após uma abordagem.

Fonte: Gazeta Web



Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter