Foto: Ifal / Cortesia | Márcio Felipe da Silva | 22:37

O Instituto Federal de Alagoas – Campus Marechal Deodoro lamentou, em nota de pesar divulgada nesta segunda-feira (15), a morte do estudante Márcio Felipe da Silva, 48 anos, por complicações da Covid-19.

Márcio Felipe era aluno do curso técnico em Hospedagem da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ele estava internado há semanas na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de uma unidade hospitalar, onde faleceu. 

De acordo com o Ifal, Márcio era muito querido pelos colegas, “ um aluno presente e participativo”, um “estudante excelente e um ser humano muito gentil”.

Devido aos protocolos sanitários, o corpo de Márcio foi sepultado às 17h de hoje, em Marechal Deodoro.

Leia, na íntegra, a nota do Ifal:

“O Instituto Federal de Alagoas – Campus Marechal Deodoro informa, com pesar, o falecimento do estudante Márcio Felipe da Silva, ocorrido nesta segunda-feira (15), por complicações de saúde em decorrência da Covid-19. Ele estava internado em UTI e lutava há semanas contra a doença, mas acabou não resistindo.

Márcio tinha 48 anos e era aluno do curso técnico em Hospedagem da EJA (Educação de Jovens e Adultos), sempre presente e participativo nas atividades letivas e muito querido pelos colegas e professores. Era considerado um estudante excelente e um ser humano muito gentil.

Por causa dos protocolos de segurança sanitária relacionados à Covid-19, não haverá velório. O sepultamento será às 17h em Marechal Deodoro.

Nesse momento de pesar, o Ifal – Campus Marechal Deodoro se solidariza com a família e os amigos de Márcio e registra sua homenagem ao estudante e a todas as vítimas da pandemia da Covid-19.

A instituição também reforça a importância de manter o isolamento social e o uso de máscaras e álcool gel como medidas fundamentais para evitar contágios pelo coronavírus, ao mesmo tempo que apoia e incentiva a campanha de vacinação realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Todas as atividades letivas da escola continuam sendo realizadas de forma remota. Apenas as atividades administrativas de gestão estão sendo realizadas presencialmente, de forma escalonada.”

Fonte: Cada Minuto