Anadia/AL

24 de outubro de 2021

Anadia/AL, 24 de outubro de 2021

MP: situação envolvendo apoiadores de Bolsonaro em carreata é de competência da polícia

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 15 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
xx11

Ministério Público Estadual (Foto: Ascom MP/AL) | 16:02

O Ministério Público de Alagoas, por meio do procurador-geral de Justiça, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, com o promotor titular, da 67a Promotoria de Justiça, Luciano Romero, e a coordenadora do Núcleo da Saúde, Micheline Tenório, esclarece que: Sobre a situação registrada no domingo (14), no estacionamento do Jaraguá, em Maceió, onde ocorria à vacinação de combate à Covid-19, a competência seria da polícia já que se tratava de conturbação de ordem pública; além disso, como o estacionamento estava sob gestão da municipalidade, o Município deveria ter adotado alguma providência real; já em relação ao direito individual, tanto o idoso quanto o profissional tendo se sentido com o direito desrespeitado entra com representação individualmente. O idoso, na Promotoria do Idoso.

Outrossim, o Ministério Público de Alagoas ressalta seu compromisso enquanto órgão fiscalizador, atuando incansavelmente mediante suas incumbências, investigando e instaurando os procedimentos cabíveis em quaisquer áreas, defendendo os direitos do cidadão.

“Diante da situação, aproveito para defender o compromisso de todos os integrantes do MP de Alagoas, no tocante às suas atribuições sempre que os fatos exigem iniciativas partidas das suas promotorias de Justiça. No caso, em questão, o entendimento é de que as providências deveriam ter sido adotadas conforme o acima detalhado, partindo da gestão municipal”.

 De acordo com o chefe ministerial, conforme o previsto no Código Penal, denúncias referentes ao fato serão apuradas pelos promotores integrantes da Promotoria Coletiva Criminal da Capital e também pela Promotoria de Justiça do Idoso.

Veja no link abaixo a situação que revoltou muitos alagoanos neste domingo durante ato pró-Bolsonaro.

 Fonte: Tribuna Hoje 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter