Durante a semana que marcou o início do ano letivo de 2021, a Prefeitura de Branquinha, por meio da Secretaria Municipal de Educação, entregou 2.500 kits de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), para os alunos da rede municipal. O kit contou com alimentos importantes para nutrição das crianças, como: feijão, arroz, macarrão e leite em pó. Na ocasião, os pais e responsáveis também receberam as atividades pedagógicas impressas, tendo em vista que por causa da pandemia do novo coronavírus, as aulas acontecerão de forma remota.

A entrega – que ocorreu nas escolas das Zonas Rural e Urbana do município – contou com a parceria da Secretaria de Saúde, que, através da Vigilância Sanitária, fez a desinfecção dos ambientes onde os kits estavam armazenados e orientou para que os protocolos de segurança fossem adotados, como distanciamento social, uso de máscara, álcool gel e marcação de espaços.

“Junto ao Conselho Municipal de Educação e a nutricionista responsável, os kits escolares foram montados de acordo com o repasse do Governo Federal. Vale lembrar que não se trata de uma cesta básica, mas de um composto de alimentos básicos e essenciais para nossos alunos em substituição a merenda, que infelizmente, não pôde ser ofertada nas salas de aula em virtude da pandemia. Em uma iniciativa do prefeito Neno Freitas, além de assegurar a entrega para cada um dos 2500 alunos matriculados, nós também iremos garantir os kits para os novatos que ainda estão em fase de matrícula”, disse o secretário de Educação do município, Ednaldo Firmino.

O prefeito Neno Freitas esteve presente durante as entregas e destacou a importância do complemento alimentar que os kits alimentícios oferecem aos estudantes.

“Seguindo as recomendações sanitárias, acompanhei a entrega dos kits feita pela prefeitura. Embora estejamos enfrentando uma pandemia e as aulas aconteçam em formato remoto, não poderíamos deixar de proporcionar aos alunos do nosso município alimentação necessária para a sua nutrição. No ensino presencial, alguns estudantes contavam com a merenda como principal refeição durante os dias de aula, por isso, acreditamos que o kit é de grande importância para complementar a alimentação não apenas deles, mas de todos em suas casas”, disse o gestor.

Fonte: Cada Minuto