Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

CSA derrota o Santa Cruz e conquista primeiro triunfo na Copa do Nordeste

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 20 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
2b239814-190a-444c-ba16-05e94c17bd9c

Por Raphael Silva – A vitória tira um peso das costas azulinas, sendo a segunda vitória seguida fora de casa –  Por Augusto Oliveira/CSA
Neste sábado (20), o CSA entrou em campo pela quarta rodada da Copa do Nordeste 2021. No Estádio José do Rego Maciel, a equipe do Azulão visitou o Santa Cruz e venceu por 2 a 1. Com dois gols do artilheiro Dellatorre, o time marujo enfim conquistou a sua primeira vitória no Nordestão. Chiquinho, de pênalti, descontou para o Tricolor.

Com a vitória, o Azulão entrou momentaneamente no G-4 do grupo B, com 6 pontos. Já o Tricolor, faz uma campanha muito ruim e segue sem conquistar nenhuma vitória na competição, amargando a lanterna do grupo A, com nenhum ponto.

A próxima

Agora, a equipe maruja volta todas as suas atenções para o seu próximo desafio. Na terça-feira (23), ainda pela Copa do Nordeste, o Azulão do Mutange recebe o Bahia. A partida será disputada às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Já o Tricolor, viaja até o Ceará para enfrentar o Fortaleza, também na terça, às 21h, na Arena Castelão, pela sequência do Nordestão.

Como foi

Após dois primeiros minutos de bastante estudo entre as duas equipes, não demorou muito para o CSA tomar a iniciativa no jogo. Aos 4 minutos, Iury Castilho foi lançado no campo de ataque e cruzou certinho na cabeça do artilheiro Dellatorre para abrir o placar no Arruda: 1 a 0 CSA.

Após a primeira boa chance, o Santa começava a crescer na partida, passando a trabalhar mais a redonda no campo de ataque. Aos 17, Augusto Potiguar invadiu a área e finalizou com perigo, mas o goleiro Thiago Rodrigues segurou firme. A resposta veio logo em seguida. Num erro da saída de bola do Tricolor, Dellatorre aproveitou e arriscou um chute da entrada da área, mas o goleiro Jordan segurou firme, no meio do gol.

O bom momento do Santa Cruz não durou muito tempo. Era a vez do Azulão crescer na partida. Aos 22’, Silvinho fez boa jogada pela esquerda e arriscou uma batida sem ângulo, obrigando novamente o goleiro Jordan a salvar o Tricolor. Aos 30’, o Azulão chegou, novamente, com perigo, em boa trama no setor ofensivo, Silvinho encontrou Vitor Costa, que finalizou para mais uma defesa do goleiro Jordan.

Depois de muito tempo assistindo ao Azulão jogar, a resposta do Santa só veio aos 38’. Em boa jogada individual pelo setor direito do campo, Madson avançou, driblou a marcação e chutou no canto, mas o goleiro Thiago desviou para escanteio, salvando a equipe do CSA de tomar o empate. Aos 44’, já no finalzinho da primeira etapa, ainda deu tempo para o CSA contra-atacar com Rodrigo Pimpão. O atacante tirou proveito dos espaços oferecidos pela defesa do Santa e cruzou da linha de fundo na cabeça de Dellatorre, porém, a finalização foi no centro do gol, sem sustos para o goleiro Jordan.

Sem muitas delongas, a etapa inicial teve dois minutos de acréscimos chegando ao seu último apito aos 47’. Fim da primeira parte no Arruda: Santa Cruz 0 x 1 CSA.

Dellatorre garantiu a vitória azulina sobre o Santa Cruz no Arruda — Augusto Oliveira/CSA

Etapa complementar

Na segunda etapa, o Tricolor pressionou o Azulão desde o início, mas não conseguiu finalizar as jogadas com qualidade. Contudo, aos 7 minutos, o CSA repetiu o roteiro do primeiro tempo. E de novo com Dellatorre! Em jogada tramada com Pimpão, o artilheiro recebeu dentro da área e bateu no ângulo direito de Jordan, aumentando a vantagem do time marujo: Santa Cruz 0 x 2 CSA.

Após o gol, o CSA permaneceu melhor na partida e quase ampliou a diferença. Aos 9’, Pimpão cruzou na pequena área, obrigando o goleiro Jordan a se esticar todo dando um tapinha para escanteio antes da chegada de Iury Castilho. A medida que o tempo ia passando, o CSA administrava as jogadas em seu setor defensivo.

Até os 20 minutos da segunda etapa, um gol do Santa parecia muito fora do contexto. A primeira boa chance do Tricolor só veio aos 25’. Em cobrança de falta, Chiquinho bateu, mas a bola explodiu na defesa e saiu para linha de fundo.

A resposta do CSA veio aos 33’, Iury Castilho recebeu dentro da área, bateu com força, mas a bola explodiu em Célio Santos. A medida que a etapa final ia se aproximando, o time Tricolor passava a entrar no desespero, desperdiçando boas chances de voltar com tudo a partida.

Mas, aos 40 minutos, Thiago Rodrigues se atrapalhou e derrubou Arian dentro da área. Pênalti para o Santa Cruz! Dando sequência ao lance, Chiquinho bateu firme, no canto esquerdo de Thiago Rodrigues e diminuiu o placar: Santa Cruz 1 x 2 CSA.

Já na reta final da partida, o cenário da partida passou a ser ataque contra defesa. Enquanto o Santa Cruz se lançava ao ataque em busca do empate, o CSA se viu encurralado no campo defensivo, torcendo para o jogo chegar ao seu final. Apesar dos minutos finais eletrizantes, o árbitro Leandro Bizzio Marinho decretou o final da partida aos 50’. Fim de jogo: Santa Cruz 1 x 2 CSA.

Azulão chega a seis ponto e sobe momentaneamente para a quarta colocação do grupo B — Augusto Oliveira/CSA

Ficha Técnica:

Santa Cruz: Jordan; Augusto Potiguar, Willian Alves, Célio Santos e Alan Cardoso; Caetano (Ítalo Henrique), Karl (João Cardoso), Chiquinho e Madson (Arian); Pipico (Felipe Almeida) e Léo Gaúcho (Marcel).

Técnico: João Brigatti

CSA – Thiago Rodrigues; Norberto (Cristovam), Lucão, Fabrício e Vitor Costa; Geovane, Gabriel (Ítalo) e Rodrigo Pimpão (Silas); Silvinho (Marco Túlio), Iury Castilho e Dellatorre (Bruno Mota).

Técnico: Mozart Santos

Arbitragem – Leandro Bizzio Marinho (PB)

Assistentes – Oberto da Silva Santos – (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB).

Fonte: Gazeta Web


Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter