Anadia/AL

26 de outubro de 2021

Anadia/AL, 26 de outubro de 2021

CSA bate o Bahia e engata segunda vitória na Copa do Nordeste: 2 a 0

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 24 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
a52e147d-a345-4fb9-87c9-d3dda827e696

Por Raphael Silva / Atuando dentro de casa, no Estádio Rei Pelé, Azulão foi superior em praticamente toda a partida e derrotou o Tricolor; time marujo assumiu à liderança do grupo B do Nordestão –  Foto: Ailton Cruz

Na noite desta terça-feira (23), o CSA recebeu o Bahia no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e mostrou sua força ao derrotar o Esquadrão de Aço por 2 a 0. Dellatorre e Marco Túlio anotaram os tentos da equipe azulina, dando não somente a vitória, como também, à liderança do grupo B do Nordestão

Panorama

Com este resultado o time marujo assumiu, momentaneamente, à liderança do grupo B da Copa do Nordeste, com nove pontos. Já o Tricolor da Boa Terra, apesar do resultado, até o momento, permanece na liderança da chave A, com sete pontos.

A próxima

Agora, a equipe maruja volta todas as suas atenções para o Campeonato Alagoano. No próximo sábado (27), o Azulão do Mutange viaja até Arapiraca para enfrentar o time do ASA. A partida será disputada no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, às 17h, pela quinta rodada do Estadual.

Já o Esquadrão de Aço, por outro lado, tem compromisso marcado novamente pelo Nordestão. Também no sábado (27), porém às 16h, o Tricolor receberá o Altos-PI, no Estádio Roberto Santos (Pituaçu).

Como foi

Os primeiros minutos foram de estudo entre as duas equipes. Orientada pelo treinador Dado Cavaltanti, a equipe Tricolor buscou, desde o início, fazer marcação alta, procurando dificultar a saída de bola da equipe maruja. A primeira boa oportunidade do CSA surgiu aos 5 minutos. Gabriel recebeu no setor ofensivo e arriscou uma bomba, assustando a meta do goleiro Douglas.

Depois de muito pressionar, aos 28’, enfim saiu o gol do CSA. Em cruzamento advindo de bola parada, o monstro da Copa do Nordeste, Dellatorre, aproveitou bobeira do goleiro e não perdoou: 1 a 0 CSA. A resposta do Tricolor veio logo em seguida. Aos 30’, Patrick chutou rasteiro e a bola tirou tinta do gol defendido por Thiago Rodrigues. Quase o Bahia empata!

Bem a vontade dentro de campo, o CSA passava a controlar o jogo. Aos 36’, novamente numa falha do goleiro Douglas, Marco Túlio recebeu passe de Dellatorre e chutou forte. Douglas tentou a defesa, mas a bola morreu no fundo da rede: 2 a 0 CSA. Sem muitas delongas, o árbitro Zandick Gondim Alves Junior prometeu dois minutos de acréscimos. Aos 47’, fim da primeira parte: CSA 2 x 0 Bahia.

CSA foi para o intervalo com 2 a 0 a seu favor no placar — Ailton Cruz

Etapa complementar

Diferente da primeira etapa, o Bahia procurou tomar iniciativa desde os primeiros segundo de jogo. No primeiro minuto, Nino Paraíba disparou pelo setor direito de campo e levanto uma área do CSA, porém, direto nas mãos de Thiago Rodrigues. O CSA respondeu. Aos 5’, Pimpão chegou à linha de fundo, cruzou rasteiro, mas o goleiro Douglas defendeu, em dois tempos.

Ao que parecia, CSA mudou a sua tática e passou a investir no contragolpe. Aos 11’, num contra-ataque do time marujo, Dellatorre recebeu na entrada da área da defesa Tricolor, passou para Marco Túlio, que tentou a devolução, mas acabou errando o passe e perdendo uma ótima oportunidade.

Quando tudo seguia sob os conformes para o lado dos alagoanos, o zagueiro Lucão decidiu colocar emoção na partida. Aos 27’, Gilberto recebeu dentro da área e foi derrubado pelo defensor tricolor. Pênalti para o Bahia! Contudo, na cobrança, Rodriguinho bateu com força e carimbou o travessão da meta de Thiago Rodrigues. Na sequência, Gilberto bateu direto pra fora.

O Bahia não desistia. Aos 37’, em cruzamento na área azulina, Thiago Rodrigues vacilou e Silvinho, ajudando a defesa, salvou o time do CSA. Já próximo da etapa final, o Tricolor se lançou ao ataque em busca de diminuir a vantagem. Aos 40’, Rossi cruzou e Rodriguinho cabeceou no meio do gol, mas, Thiago Rodrigues, novamente estava lá para salvar o CSA. Após cinco minutos de acréscimos, o árbitro Zandick Gondin apitou pela última vez na partida. Fim de jogo: CSA 2 x 0 Bahia.

Azulão soube administrar a partida na etapa complementar e manteve a vantagem no placar — Ailton Cruz

Ficha Técnica:

CSA – Thiago Rodrigues; Cristovam, Lucão, Filemon e Vitor Costa (Fabrício); Geovane, Silas (Marquinhos), Gabriel (Iury) e Pimpão (Ítalo); Marco Túlio (Silvinho) e Dellatorre.

Bahia – Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba); Edson (Ramon), Patrick (Alesson) e Daniel; Gabriel Novas (Rossi), Rodriguinho e Gilberto.

Árbitro – Zandick Gondim Alves Junior (RN).

Assistentes – Reinaldo de Souza Moura (RN) e Luis Carlos de França Costa (RN).

Fonte: Gazeta Web


Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter