Anadia/AL

17 de outubro de 2021

Anadia/AL, 17 de outubro de 2021

Alagoas confirma 701 casos e 23 mortes por Covid-19

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
Vacinação dos profissionais de saúde, veterinários e agentes funerários com 60 anos ou mais de idade, que estam na ativa, na Clínica da Família Estácio de Sá, na região central da cidade. O município do Rio de Janeiro ampliou hoje (27) o público-alvo da campanha de vacinação contra a covid-19.

Maceió registrou 13 mortes nas últimas 24 horas. Estado tem 10.071 casos suspeitos. Foto: Reprodução
O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quinta-feira (25), confirma 701 novos casos e mais 23 mortes por Covid-19 em Alagoas. Esse foi o maior número diário de óbitos registrado nesta semana no estado.

Maceió concentrou 13 mortes e o interior registrou 10, três somente em Arapiraca.

A capital confirmou 236 casos nas últimas 24 horas. O interior registrou 465 casos. Pesquisadores da Ufal alertaram que a segunda onda de Covid-19 em Alagoas está se comportando como a primeira, quando o interior passou a ter mais casos do que a capital.

Duas mulheres, uma de 36 anos e a outra de 39; e um homem de 46 anos, todos sem doenças prévias, estão entre as vítimas.

O estado tem o total de 149.697 casos confirmados e 3.421 óbitos por Covid-19.

Do total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, 141.359 se recuperaram e 4.059 estão em tratamento, em isolamento domiciliar.

O número acumulado de casos suspeitos está em 10.071.

Até as 16h de quarta (24), a taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado estava em 89%. Na capital, a ocupação de UTI chegou a 93%.

Mais 23 mortes por Covid-19

  • Maceió: Homem, 32 anos – hipertenso
  • Maceió: Homem, 41 anos – obesidade, depressão, hipertensão arterial, diabetes e ansiedade
  • Maceió: Homem, 46 anos – sem comorbidades
  • Maceió: Homem, 63 anos – hipertenso, diabético e cardiopata
  • Maceió: Homem, 76 anos – hipertenso
  • Maceió: Homem, 77 anos – hipertenso e diabético
  • Maceió: Homem, 80 anos – hipertenso
  • Maceió: Mulher, 45 anos – doença hematológica crônica
  • Maceió: Mulher, 53 anos – doença cardiovascular e pneumonia crônica
  • Maceió: Mulher, 59 anos – sem comorbidades
  • Maceió: Mulher, 64 anos – obesidade, hipertensão arterial, diabetes e Parkinson
  • Maceió: Mulher, 78 anos – sem comorbidades
  • Maceió: Mulher, 80 anos – hipertensa e diabética
  • Igaci: Homem, 78 anos – doença respiratória crônica e era imunossuprimido
  • Delmiro Gouveia: Homem, 78 anos – hipertensão e diabetes
  • Santana do Ipanema: Mulher, 36 anos – sem comorbidades
  • Porto Calvo: Mulher, 39 anos – sem comorbidades
  • Arapiraca: Mulher, 60 anos – diabética, hipertensa e doença cardiovascular
  • Delmiro Gouveia: Mulher, 61 anos – hipertensa e diabética
  • Arapiraca: Mulher, 61 anos – hipertensão
  • Arapiraca: Mulher, 71 anos – sem comorbidades
  • Igaci: Mulher, 71 anos – hipertensão, diabetes e doença cardiovascular
  • Campo Alegre: Mulher, 101 anos – sem comorbidadesFonte: G1-Al.


    Nunca faça para os outros o que você não gostaria que fizessem para você.

    “Jesus Cristo”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter