Anadia/AL

27 de outubro de 2021

Anadia/AL, 27 de outubro de 2021

Hospital de Campanha para atendimentos de Covid-19 é reaberto em Maceió

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de março de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
whatsapp-image-2020-05-22-at-13.21.38-2-

Hospital de Campanha volta a funcionar no Centro de Convenções em Maceió, Alagoas — Foto: Márcio Ferreira/Ascom <> 30/03/21 <> 15:28
Desativado desde setembro de 2020, o Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no Jaraguá, em Maceió, foi reativado nesta terça-feira (30) e volta a receber pacientes com Covid-19 a partir das 14 horas.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), a unidade conta com 142 leitos clínicos e oito salas de estabilização para pacientes de Covid-19 que tiverem o quadro clínico agravado. O hospital vai receber pacientes graves, ao ponto de não poderem ficar em casa, mas menos graves do que os que precisam ficar internados em UTI.

O hospital foi inaugurado em maio de 2020, pico da primeira onda da Covid-19, e deixou de receber pacientes no momento em que o estado apresentava queda no número de casos ativos de Covid-19 e diminuição da taxa de ocupação de leitos. Agora, com o agravamento da pandemia, voltou a funcionar.

Os pacientes serão encaminhados para o Hospital de Campanha por meio da Central de Regulação de Leitos de Alagoas. Eles podem ser transferidos de qualquer unidade de saúde do Estado.

No local, 500 profissionais de saúde vão atuar: técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, psicólogos, nutricionistas, médicos, fisioterapeutas, farmacêuticos, enfermeiros, auxiliares de farmácia, auxiliares de enfermagem, e dos setores administrativos

Os leitos clínicos estão equipados cama, fluxômetro, suporte de soro, oxímetro. Já as salas de estabilização contam com ventilador mecânico, monitor multiparâmetro, bomba de infusão de medicamentos e desfibrilador. A unidade hospitalar também conta com uma ambulância exclusiva para realizar as transferências.

A Sesau informou que investiu R$ 1.668.925,00 com a montagem da estrutura, equipamentos e mobiliário.

“Reinauguramos o Hospital de Campanha pela urgência que o momento pede. Já são 1.186 leitos em funcionamento, garantindo atendimento humanizado ao alagoano que foi contaminado pelo novo Coronavírus. Com a reativação da unidade de campanha, o Estado tem mais uma retaguarda neste importante trabalho de combate à pandemia da Covid-19”, disse o secretário Alexandre Ayres.

A Sesau instalou uma usina de oxigênio que irá abastecer todos os 142 leitos clínicos e as oito salas de estabilização do hospital de campanha.

O engenheiro de gases medicinais, Luiz Carviçais, explicou que a usina irá funcionar durante 24 horas com capacidade de gerar 13 m³ de oxigênio por hora.

“A usina funciona a partir de um compressor produzindo gás comprimido, com a mistura de gases sendo resfriada, tratada, com o resultado final dessas etapas sendo o oxigênio com uma pureza entre 96% e 97%, abastecendo toda unidade hospitalar com uma capacidade de 13 mil litros por hora do gás”, disse.

A usina de oxigênio conta com um gerador exclusivo para garantir o funcionamento em caso de queda de energia, e o Hospital de Campanha possui também 48 cilindros de oxigênio para serem utilizados em situações que haja a necessidade na possibilidade do equipamento parar de funcionar.

Fonte: G1-Alagoas




Precisamos de Jesus !

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter