Como aconteceu no ano passado, devido à pandemia do novo coronavírus, a celebração da Missa dos Santos Óleos, que aconteceria nesta quinta-feira, dia 01, assim como a procissão da Semana Santa não serão realizadas este ano.

A Igreja vive este momento onde vidas estão sendo ceifadas, famílias sofrendo, o mundo sofrendo, porém sempre com esperança e confiança no Senhor, destacou o arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz. 

Com mais de 3.500 mortes por Covid-19 registradas em nosso estado, o arcebispo reforçou que “não está fácil para ninguém, mas a Igreja sempre está buscando ser presença no sofrimento dos filhos e filhas que estão nos hospitais, através de padres que têm autorização para o atendimento e orações.

Quanto às celebrações alusivas ao período, a Arquidiocese de Maceió destacou que louva a Deus por este ano poder ter a presença dos fiéis, mesmo com um número reduzido, que equivale aos 30% da capacidade total de cada Paróquia ou Catedral.

Porém, mesmo com as restrições do Decreto do Governo, o arcebispo disse que a Arquidiocese está celebrando essa Semana Maior com o devido ato litúrgico de cada uma e o Domingo de Páscoa irá aumentar ainda mais a esperança e confiança em Deus que tudo isso vai passar logo.

“A mensagem para estes dias da Semana Santa e da Páscoa do Senhor será sempre de esperança, mesmo com tantas nuvens pesadas e escuras. Acreditamos na espera, porque mesmo numa noite escura onde parece que Deus calou, vamos vislumbrar sempre o amanhecer: a Ressurreição. Então desejo a todos e todas o renovar da Esperança”, concluiu Dom Antônio Muniz.

Programação

As paróquias do território arquidiocesano devem seguir as determinações do decreto estadual e o protocolo sanitário estabelecido pela Igreja Particular.

Para participar das celebrações, os fiéis devem procurar a secretaria da Igreja para fazer o devido agendamento devido à restrição de 30% da capacidade dos templos. 

Pessoas do grupo de risco devem acompanhar pelas redes sociais da Arquidiocese e da Catedral.

As Celebrações, que acontecem à noite, serão mais cedo devido ao toque de recolher.

Datas

1º/04 – Missa de Lava Pés e Translado (19h)

02/04 – Ofício da Agonia e Paixão do Senhor (12h e 15h)

03/04 – Celebração da Vigília Pascal (19h)

04/04 – Celebração da Páscoa do Senhor (09h e 17h)

Fonte: Cada Minuto