Home » Alagoas confirma mais 18 mortes e 854 novos casos de Covid

Alagoas confirma mais 18 mortes e 854 novos casos de Covid

Por Alagoas Brasil Noticias

Desde o início da pandemia, estado contabiliza 178.288 casos confirmados e 4.347 óbitos. Paciente Recuperado – Foto: Sesau / Publicado às 19:14
Alagoas registrou mais 18 mortes e 854 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (7) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Desde o início da pandemia, o estado contabiliza 178.288 casos confirmados e 4.347 óbitos.

Em Maceió, foram sete novas mortes. Ao todo, a capital já confirmou 70.443 casos e 1.997 mortes. Há ainda 5.155 casos suspeitos.

O boletim mostra também que Alagoas tem acumulado 10.787 casos em investigação laboratorial.

Dos casos confirmados, 169.945 pessoas se recuperaram da doença.

De acordo com o boletim de leitos, atualizado na noite de quinta (6), a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 em Alagoas chegou a 70%.

Mais 18 mortes por Covid-19

  • Maceió: Homem, 51 anos – diabetes e transtornos psiquiátricos
  • Maceió: Homem, 65 anos – doença renal crônica e hipertensão
  • Maceió: Homem, 66 anos – diabetes e hipertensão
  • Maceió: Mulher, 58 anos – depressão, ansiedade e obesidade
  • Maceió: Mulher, 60 anos – hipertensão
  • Maceió: Mulher, 64 anos – obesidade
  • Maceió: Mulher, 69 anos – hipertensão, diabetes e ex-tabagista
  • São José da Laje: Homem, 46 anos – hipertensa e diabética
  • São José da Laje: Homem, 55 anos – sem comorbidades
  • Arapiraca: Homem, 59 anos – sem comorbidades
  • Arapiraca: Homem, 80 anos – sem comorbidades
  • Craíbas: Homem, 49 anos – sem comorbidades
  • Coité do Noia: Homem, 73 anos – hipertensa
  • Igaci: Mulher, 52 anos – sem comorbidades
  • Palmeira dos Índios: Mulher, 65 anos – hipertensa e diabética
  • Estrela de Alagoas: Mulher, 76 anos – doença cardiovascular e hipertensa
  • Marechal Deodoro: Mulher, 77 anos – caquexia (perda de peso em decorrência de câncer)
  • Anadia: Mulher, 89 anos – diabética

Fonte: G1- Alagoas


Facebook Comments

você pode gostar