Home » CSA passa fácil pelo CSE e é o primeiro finalista do Alagoano: 3 a 0

CSA passa fácil pelo CSE e é o primeiro finalista do Alagoano: 3 a 0

Por Alagoas Brasil Noticias

Fernanda Medeiros – Foto: Ailton Cruz – 23:36
O CSA carimbou o seu passaporte para a final do Campeonato Alagoano! Na noite desta terça-feira (11), no Estádio Rei Pelé, o Azulão só precisava de um empate, mas fez mais. Deu um verdadeiro passeio e venceu o CSE, por 3 a 0. Agora, o time azulino vai enfrentar o outro finalista que sairá do jogo desta quarta-feira (12), entre CRB e Aliança.

Vale lembrar que no primeiro jogo da semifinal, entre azulinos e tricoloridos, houve empate por 1 a 1, em Palmeira dos Índios.

Os gols do Azulão, nesta noite, foram do artilheiro Bruno Mota, um deles um golaço, por sinal, um em cada tempo; e de Dellatorre, na segunda etapa. Detalhe: Bruno Mota chegou ao seu oitavo gol no Estadual. Clique aqui para ver o Tempo Real

A primeira partida da grande final do Alagoano será disputada já no próximo sábado (15) e a volta ocorrerá no sábado seguinte (22).

1º Tempo

CSA deu um passeio no CSE e venceu por 3 a 0 – Foto: Ailton Cruz

O CSA começou o jogo pressionando a saída do CSE que, aos 2 minutos, tentou a investida com Stuart, pelo setor esquerdo do campo, mas a zaga azulina afastou. Aos 5 minutos, a tentativa foi do Azulão. Marco Túlio desceu pela esquerda, passou para Dellatorre, mas o goleiro Alexandre saiu e ficou com a bola.

O Azulão não demorou a fazer o seu gol. Foi aos 12 minutos. Bruno Mota aproveitou uma bobeira do CSE, na entrada da área e, com categoria, bateu de primeira, no ângulo direito de Alexandre, fazendo um golaço: 1 a 0.

Quem sobrava no jogo era o time azulino, enquanto o CSE, o duelo chegava aos 20 minutos e ainda não havia dado um chute em gol. Aos 22min, Marco Túlio, do CSA, foi acionado no campo de ataque, mas acabou pego em posição irregular. Aos 26min foi a vez de o Tricolor ter um lance impedido, quando Stuart foi lançado no meio da defesa azulina, mas a assistente Brígida Cirilo o flagrou em posição de impedimento.

O CSE pareceu ter acordado, para ir em busca do gol de empate. E quase fez aos 30 minutos. Em cobrança de falta, Dakson chutou forte, com perigo, a bola quicou na área e Thiago Rodrigues espalmou para o lado. Aos 35min, de novo o Tricolor chegou. Luizinho lançou na ponta esquerda para Caetano, que cruzou na grande área, obrigando a defesa do CSA a cortar de forma providencial.

CSA dominou a partida no Rei Pelé – Foto: Ailton Cruz

Aproximando-se dos 40 minutos da etapa inicial, o Azulão trabalhava a bola no campo de defesa. O time azulino cercava bem o adversário e impedia suas investidas ofensivas. Aos 45min o CSA teve uma falta em seu favor. Marco Túlio cobrou, mandando no ângulo esquerdo, e o goleiro Alexandre saltou e deu um tapa na bola, botando para escanteio e salvando a sua equipe de sofrer o segundo gol.

O árbitro determinou dois minutos de acréscimos. Aos 46min, o CSA chegou de novo com perigo. Marco Túlio bateu o escanteio na cabeça de Lucas Dias que subiu bem, cabeceou para o chão e Alexandre fez outra grande defesa. E, pontualmente, a primeira etapa foi encerrada aos 47 minutos, com o CSA à frente no marcador: 1 a 0.

2º Tempo

Técnico do Azulão, Bruno Pivetti anulou o time do CSE – Foto: Ailton Cruz

No segundo tempo, aos 3min, a primeira tentativa foi do CSE, que avançou pelo setor direito com Cleiton, mas o jogador cruzou nas mãos de Thiago Rodrigues. O CSA perdeu um gol incrível, aos 8min, com Dellatorre, que invadiu a área, chutou forte e acertou a rede pelo lado de fora. Mas, aos 9min, o Azulão chegou ao segundo gol. Após vacilo do lateral Caetano, Gabriel Tonini roubou a bola, se mandou pela direita e cruzou por baixo: Jan Pieter cortou errado, dando um presente para Bruno Mota, que fuzilou o gol: 2 a 0.

Aos 15min, de novo o CSA chegou. Aylon recebeu, Bruno Mota puxou a defesa do CSE, o atacante do Azulão abriu espaço, bateu forte e Alexandre espalmou para escanteio. Não foi dessa vez, mas o terceiro gol azulino saiu aos 17min. Gabriel Tonini passou a bola para Marco Túlio, ele cruzou rasteiro encontrando Dellatorre, que só teve o trabalho de empurrar para dentro do gol: 3 a 0. CSA encaminhava a sua classificação para a grande final.

Detalhe do gol de Dellatorre – Foto: Ailton Cruz

Os treinadores começaram a fazer as modificações em suas respectivas equipes. O CSA para segurar o resultado, que estava de excelente tamanho. E o CSE para tentar diminuir o vexame.Aos 34min, Norberto, do Azulão, desceu pela direita, levantou na área do CSE e Alexandre segurou lá no alto.

Aos 40 minutos, Iury recebeu a bola dentro da área do CSE, mas a assistente Brígida Cirilo marcou impedimento do atacante do CSA. O jogo se aproximava do final, o CSE no momento em que ficava com a bola, não tinha mais forças para reagir. E assim se deu até o final da partida, quando o árbitro sequer decretou minutos de acréscimos, encerrando aos 45 minutos. Final: CSA 3×0 CSE. Azulão na decisão do Alagoano!

Jogadores azulinos comemoram a valer o gol de Dellatorre – Foto: Ailton Cruz

CSA – Thiago Rodrigues; Norberto, Lucas Dias, Lucão e Cristovam (Danilo); Geovane, Gabriel Tonini e Bruno Mota; Aylon, Marco Túlio e Dellatorre. Técnico: Bruno Pivetti.

CSE – Alexandre; Renato, Eduardo Bahia, Jan Pieter e Caetano (Pará); Jair, Emerson, Stuart (Cleiton) e Dakson (Cleber); Luizinho (Cristiano) e Alan. Técnico: Jaelson Marcelino.

Árbitro – Denis Ribeiro Serafim (CBF).

Assistentes – Brígida Cirilo Ferreira (Fifa) e Wellington Thiago de Almeida (FAF).

Quarto árbitro – Felipe Wanderley Uruba (FAF).

Fonte: Gazeta Web



Facebook Comments

você pode gostar