Home » Pesquisa Datafolha entre Lula e Bolsonaro é semelhante a de 2018

Pesquisa Datafolha entre Lula e Bolsonaro é semelhante a de 2018

Por Alagoas Brasil Noticias

Por Voney Malta – Foto: Reprodução – 12:08Dizem os mais experientes que o segredo da política é semelhante às operações matemáticas: como já escrevi neste espaço outras vezes, política é somar e multiplicar apoios, jamais dividir ou subtrair, forma clara de agir do atual presidente.

Pois bem, como com esse método ele conseguiu se eleger presidente? Ora, ele apareceu para o cenário nacional, na eleição presidencial de  2018, como representante da antipolítica, contrário ao sistema, causou comoção nacional ao ser esfaqueado em Minas Gerais e não precisou expor suas ideias de governo ou enfrentar debates.

Soma-se a isso ainda o fato de o ex-presidente Lula ter sido impedido de disputar aquele pleito por ter sido preso após decisão do ex-juiz Sergio Moro, que em seguida  virou ministro do governo Bolsonaro.  

Lula liderava as pesquisas, a possibilidade de vencer o pleito no primeiro turno era real, bastante semelhante aos números da pesquisa Datafolha divulgados nesta quarta-feira (12), como se estivéssemos voltando ao passado, a 2018.  

Em agosto daquele ano, Lula venceria Bolsonaro no primeiro turno, 39% a 22%. No segundo turno a vantagem cresceria, 52% a 32%. Agora os números são: 41% a 23% no primeiro turno e 52% a 32% no segundo turno.

Naquela eleição, majoritariamente, o eleitor votou contra o PT, foi o voto de exclusão, agora o eleitor já avalia um governo que governa para os seus, um terço dos eleitores.  

E o povo costuma ser leal aos seus interesses (esperanças) de momento. Por isso o governo do capitão cloroquina amarga rejeição, considerando-o ruim ou péssimo, de 45%. A aprovação do governo caiu de 30% para 24%, comparando com a pesquisa anterior, de março passado.

Incapaz de liderar e de unir o país, incompetente para enfrentar a pandemia e os seus terríveis efeitos sociais e econômicos, segue Jair Bolsonaro causando aglomeração e descerrando placas de obras iniciadas em outros governos ou que já foram até inauguradas.

Fonte: Cada Minuto


Facebook Comments

você pode gostar