Foto: Reprodução | IML de Maceió | 17:04

O Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) confirmou na manhã desta sexta-feira (14) a causa da morte do menino Rhaniel Pedro Laurentino da Silva, de 10 anos. De acordo com o IML, o garoto foi vítima de asfixia por aspiração de sangue, em decorrência de ferimentos provocados por instrumento contundente.

Durante o exame de necropsia, a equipe de medicina legal, constatou lesões na região craniana e na face da vítima. A análise cadavérica encontrou ainda hematomas na região do tórax e no interior da boca, a qual teria provocado a asfixia que gerou a morte da criança.

A chefia do órgão explicou que o corpo do menino foi todo escaneado para a localização e identificação de todas as lesões. Também foram coletados materiais biológicos na mucosa anal e na região peniana que apresentavam lesões para posterior exames laboratoriais.

Agora a perita médica legista responsável pela necropsia irá se debruçar para analisar todos os vestígios e indícios encontrados no corpo da criança para redigir o laudo cadavérico. O prazo para o documento ficar pronto e ser a entregue a delegacia que investiga o caso são de 10 dias, conforme prevê o Código Penal Brasileiro (CPP).

Fonte: Cada Minuto