Home » Igreja Universal sinaliza romper com Bolsonaro por causa de crise em Angola

Igreja Universal sinaliza romper com Bolsonaro por causa de crise em Angola

Por Alagoas Brasil Noticias

Edir Macedo (Foto: Divulgação/Igreja Universal) – 19:48
O governo de Jair Bolsonaro vê crescer a ameaça de perder o apoio da Igreja Universal do Reino de Deus. Foram emitidos alertas de um possível desembarque a partir de pessoas próximas ao empresário evangélico Edir Macedo, fundador da igreja, e de congressistas do Republicanos, partido ligado à instituição evangélica. A reportagem é do portal Poder 360. 

Nesta sexta-feira feira (14), o também empresário evangéico Renato Cardoso, responsável pela Igreja Universal no Brasil e genro de Edir Macedo, criticou diretamente o governo Bolsonaro em entrevista ao Jornal da Record, emissora de Macedo.Segundo a reportagem, Cardoso falou em “decepção” e apontou “omissão” por parte do governo no caso envolvendo conflitos sobre a permanência de pastores da Igreja Universal em Angola.

O pivô do desgaste entre evangélicos da IURD e o governo foi a alegada inação das autoridades brasileiras à ordem de deportação de 34 brasileiros do país africano. A medida foi imposta depois que a instituição religiosa disse ter identificado comportamento impróprio de angolanos e afastado essas pessoas do comando da Igreja Universal do Reino de Deus naquele país africano.

Fonte: Brasil 247




Tudo posso naquele que me fortalece !

Facebook Comments

você pode gostar