Anadia/AL

29 de julho de 2021

Anadia/AL, 29 de julho de 2021

Filho de secretário do Ministério da Saúde furou fila de vacinação contra covid

Por GyanCarlo

Em 22 de maio de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv
Filho de Arnaldo Correia de Medeiros furou fila da vacinação em João Pessoa (Foto: Carolina Antunes/PR) | 12:16 

O filho do secretário de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde furou a fila da vacinação em João Pessoa (PB). Daniel Freire de Medeiros, de 21 anos, é estudante de medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e filho do atual titular da secretaria, Arnaldo Correia de Medeiros.

A informação foi divulgada pelo jornal Estado de S. Paulo.

Daniel recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford no dia 28 de janeiro. Ele alega que foi imunizado por estagiar em hospital numa ala que atende pacientes com covid. No entanto, a prefeitura de João Pessoa (PB) só autorizou a vacinação de estagiários a partir do dia 5 de maio.

O governo municipal informou ao jornal Estado de S. Paulo que iniciou apenas no dia 5 de maio a imunização contra a covid-19 dos “estagiários de saúde (incluindo medicina), no último ano de faculdade, que atuam em hospitais, unidades de pronto atendimento e serviços de Atenção Básica”.

Dos 59 colegas de turma de Daniel, apenas ele tomou a vacina em janeiro, conforme dados públicos da prefeitura e da UFPB. Em janeiro, a autorização era para vacinar os estudantes em regime de internato, o que não era o caso do filho do secretário.

No site do Portal da Transparência da prefeitura de João Pessoas, Daniel aparece registrado como “médico”, o que ele atribui a um erro da prefeitura. Segundo dados do governo municipal, o filho do secretário foi vacinado no Hospital São Vicente de Paulo, uma instituição filantrópica e sem fins lucrativos, que atende pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Desde o início da vacinação, cerca de 79 mil profissionais de saúde já foram imunizados em João Pessoa, de acordo com o site da Prefeitura. Em janeiro, quando Daniel tomou a primeira dose, eram apenas 14,7 mil – o que significa que o filho do secretário esteve entre os 18,5% primeiros a serem imunizados.

Arnaldo Correia de Medeiros é farmacêutico e assumiu a Secretaria de Vigilância em Saúde na gestão do ex-ministro Eduardo Pazuello. Ele foi indicado pelo deputado Wellington Roberto (PB), líder do Partido Liberal da Câmara, um dos partidos do Centrão que apoiam o governo do presidente Jair Bolsonaro.

O secretário é responsável por acompanhar e coordenar a compra de vacinas para a covid-19.

Fonte: Yahoo 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter