A Prefeitura de Anadia, por meio da Secretaria de Assistência Social, realizou, nesta terça-feira (25), a apresentação do Diagnóstico Situacional das Crianças e Adolescentes do ano de 2020. Através do documento, um plano de ação, proposto pelo Instituto Girassol, foi construído para atender as fragilidades identificadas e buscar recursos destinados às políticas públicas voltadas ao público infanto-juvenil.

O evento, que seguiu os protocolos sanitários estabelecidos, contou com a presença do prefeito Celino Rocha; do vice-prefeito, Amós Rocha; da secretária de Assistência Social, Vane Santos; do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Alessandro Antônio de Jesus; da presidente do Instituto Girassol, Josefa Silvia das Neves Santos; de representantes do CRAS e CREAS; do presidente da Câmara de Vereadores, Junior do Dira, demais vereadores; além de secretários municipais.

“O diagnóstico é um importante documento pois, além de retratar as situações vivenciadas pelas crianças e adolescentes do município, embasa o planejamento de ações assertivas de atendimento ao referido segmento”, destacou o presidente do CMDCA, Alessandro Antônio.

Conforme explicou a secretária Vane Santos, Anadia se destaca como um dos poucos municípios alagoanos que realizaram o Diagnóstico Situacional.

“Somos um dos poucos municípios que desenvolveu este levantamento. Isso é motivo de muita alegria pois, mesmo diante da pandemia, estamos trabalhando no desenvolvimento de políticas públicas para o público infanto-juvenil. Parabenizo às nossas equipes pelo empenho na luta pela busca dos direitos das nossas crianças e adolescentes e agradeço ao prefeito Celino Rocha por nos dar o apoio necessário em nossas ações”, declarou.

A realização do diagnóstico contou com financiamento do Banco Itaú Social, através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Anadia, executado pelo Instituto Girassol.

Homenagem

Na oportunidade, a secretária Vane Santos, também homenageou Emanuel da Silva Pedrosa, que foi presidente do Instituto Girassol e faleceu em decorrência da covid-19. Foi entregue um quadro à esposa e atual presidente do Instituto, Josefa Silvia das Neves Santos. Emanuel foi um dos articuladores na realização do trabalho e deixa um legado por todo o seu comprometimento com a política da criança e do adolescente.

Fonte: Cada Minuto