Assessoria | Senador Renan Calheiros, relator da CPI | 07:44

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, afirmou na noite deste domingo (30) através de post nas redes sociais que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se torna cúmplice de um “jogo macabro” do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por se omitir diante de um “morticínio”.

Nas redes sociais, o Renan afirmou que, “na psicanálise freudiana, a pulsão de morte é o movimento em direção à morte e à autodestruição. É o jogo macabro de Bolsonaro do qual o ministro Queiroga se torna cúmplice pq se omite diante do morticínio”, afirma.

“É preciso marcar rapidamente a volta do ministro à CPI”, defendeu Renan o senador.

Fonte: Cada Minuto