Home » Gabriel vê Corinthians “mais leve” após vitória com Sylvinho e pede equilíbrio entre defesa e ataque

Gabriel vê Corinthians “mais leve” após vitória com Sylvinho e pede equilíbrio entre defesa e ataque

Por GyanCarlo

Titular do Corinthians, o volante Gabriel foi à sala de imprensa do CT Joaquim Grava para falar sobre a expectativa da equipe para o jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-GO, pela terceira fase da Copa do Brasil. O Timão vai precisar reverter um resultado de 2 a 0 contra.

Ele também analisou o início de trabalho do técnico Sylvinho, com duas derrotas e uma vitória no comando da equipe alvinegra.

– A vitória nos dá confiança, um ânimo maior no trabalho. Confiança não só dos jogadores, mas também da comissão, no que estamos treinando e praticando no dia a dia. Estou feliz pela retomada. Lógico que o futebol é resultado. Quando vem, gera coisas boas. Nada melhor do que antes de um jogo eliminatório, com possibilidade de reverter. Gera confiança, uma leveza um pouco maior no grupo para fazer um grande jogo e sair classificado de Goiânia – disse Gabriel.

– Lógico que não é um resultado que queríamos levar para uma segunda partida, mas são 180 minutos. Foi apenas metade da decisão. Temos totais condições de fazer um jogo melhor, mais consistente, para reverter a situação. É respeitar o Atlético, que fez um grande primeiro jogo. Mas que o segundo jogo seja nosso. Temos que pressionar no momento certo, impor nosso ritmo, não tomar gols para ficar mais perto da classificação. A vitória nos dá confiança para a decisão. Vamos com cabeça tranquila mesmo com o 2 a 0 contra – completou.

O volante também projetou que o time não se feche apenas na defesa, mas saiba a hora de sair para o ataque e consiga reverter o resultado.

– Eu falo para não tomar gol até porque sem tomar já vamos precisar de dois. Se tomar, vamos ter que fazer mais gols. Acredito que temos que ter equilíbrio. Não só se defender, mas também atacar, criar chances, dominar a partida. Vamos ter que todos defender, atacar com inteligência. A estratégia ainda não está totalmente definida. Temos que sair de São Paulo com a mente focada com a estratégia. Em poucos dias, a palavra equilíbrio vai ser usada pelo Sylvio.

Veja outros pontos da entrevista coletiva do volante Gabriel:

Por que acreditar na classificação?
– Porque é Corinthians. O grupo entendeu isso, o Sylvinho tem passado isso.

Troca constante dos volantes
– É uma posição com bastante opção. Vai pela estratégia de jogo, o momento individual de cada um. A comissão tem um excelente feeling para escolher a melhor dupla, trio, quem vai jogar ali. Temos bastante jogador de qualidade, com condições de jogar e fazer o melhor. Espero que possamos fazer um grande jogo e sair classificados.

Autoavaliação
– Eu sou um cara que procuro ter uma autoavaliação. Sempre quero melhorar. Eu preciso sempre buscar isso dentro de mim para crescer como pessoa, jogador, atleta. Estava vendo detalhes ali para visualizar e memorizar melhor. Sabemos o que é preciso fazer, é um detalhe ou outro. Posicionamento. Vou procurando fazer dentro e fora de campo. Não fico só jogando videogame.

Copa América no Brasil
– Pergunta delicada. Estamos vendo o que vem acontecendo. Não posso opinar e não quero, porque não cabe a mim. Se eu fosse disputar, poderia ter uma opinião mais formada. Hoje, estou preocupado com o nosso jogo. Espero que seja tomada a decisão correta. A saúde do povo tem que estar em primeiro lugar, minimizar a morte das pessoas. Conheci muitos que se foram com a pandemia. Rezamos e deixamos para as autoridades tomarem a melhor decisão.

Posicionamento
– O Sylvinho vem passando informações no treino e fora dele. Lógico, algo mais específico de cada um. Virão mais vídeos. Quero isso, quero evoluir, aprender, ideias. Estou disposto a executar. O Sylvinho é um cara muito atento a isso. 

Fonte: GE esporte 

Facebook Comments

você pode gostar