Anadia/AL

29 de julho de 2021

Anadia/AL, 29 de julho de 2021

HE do Agreste celebra 18 altas médicas de pacientes recuperados da Covid-19

Por GyanCarlo

Em 8 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv
Foto: Reprodução | 17:59 

Em meio ao sofrimento e angústia provocados pela pandemia, a felicidade abre caminho nos corredores do Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, ao som de aplausos, flores e alívio. A maior unidade hospitalar pública do interior de Alagoas bateu o recorde anterior – 16 altas médicas concedidas em um mesmo dia – e celebrou, na última segunda-feira (7), uma marca histórica de pacientes recuperados por Covid-19: 18 pessoas venceram a luta contra o novo coronavírus e receberam alta de uma vez.

No centro hospitalar, a data foi marcada pelos agradecimentos aos profissionais do HEA e pelas orações recebidas de familiares e amigos em prol da melhora na saúde dos pacientes. Histórias de luta de pessoas que, após vários dias de tratamento nos leitos Clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade, finalmente passaram na rampa do HEA com lágrimas de alegria.

Reviravolta

Após a árdua batalha contra o vírus, não há notícia melhor como a ocorrida com a paciente Nilma Barbosa, de 54 anos. Após 17 dias internada, ela chegou a ser intubada na UTI, mas saiu pra colocar o nome na simbólica Árvore da Vida, “plantada” no corredor do HEA e “adubada” e cuidada por todos os profissionais da unidade hospitalar.

“Vou agradecer pra sempre tudo o que fizeram por mim. Cada pessoa da limpeza, médicos, enfermeiros, assistentes sociais. Todos estarão pra sempre nas minhas orações. Vocês são especiais. Foi um resgate muito grande. E eu vou rezar também pelas pessoas que estão doentes, para que todos melhorem e saiam como eu estou saindo daqui. Feliz!”, ressaltou Nilma, abraçada por familiares, que foram recebê-la nesta nova vida, pós Covid-19.

Outro paciente que também venceu a doença e deixou o HEA foi o jovem Janderson Ribeiro, de 24 anos. Recuperado após três dias de hospitalização, ele resumiu com a palavra “gratidão” o sentimento que sentiu após cruzar as portas do maior hospital público do interior de Alagoas.

Vírus

A história vai sendo escrita também com sucesso durante o tratamento dos pacientes no Hospital de Emergência do Agreste. “Seguimos na luta e, a cada alta médica, nos enchemos de esperança de dias melhores. O vírus existe e pessoas de todas as idades estão sendo acometidas de forma grave. Precisamos da colaboração de toda a população para que possamos frear a quantidade de contaminados e continuar dando a melhor assistência a todos que aqui forem hospitalizados”, disse a gerente-geral do HEA, Bárbara Albuquerque. 

Fonte: Diário Arapiraca 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter