Home » Queiroga vai contra Bolsonaro sobre desobrigação de máscara: “Precisamos vacinar”

Queiroga vai contra Bolsonaro sobre desobrigação de máscara: “Precisamos vacinar”

Por GyanCarlo
Bolsonaro e Queiroga em cerimônia em maio de 2021 (EVARISTO SA/AFP via Getty Images) | 22:16

Após anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o governo deve emitir um parecer cancelando a obrigatoriedade do uso de máscaras para aqueles que já tenham contraído a Covid-19 ou que tenham sido vacinados, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga negou a informação e afirmou que é necessário vacinar a população para que isso aconteça.

“Queremos que seja o mais rápido possível, mas para isso precisamos vacinar a população brasileira e avançar”, disse o ministro, que ainda relatou que existe um estudo sobre o tema, mas não deu muitos detalhes sobre o assunto.

Mais cedo, durante uma cerimônia, Bolsonaro disse que tinha conversado com Queiroga e que desobrigaria o uso da máscara não só para vacinados, mas também para aqueles que já foram contaminados e se recuperaram.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é. Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados”, disse Bolsonaro, sendo aplaudido em seguida. 

“Para tirar esse símbolo (diz, levantando a máscara), que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado”, completa o presidente, que já questionou anteriormente a eficácia das máscaras.

A medida anunciada por Bolsonaro contraria as orientações científicas e ignora o risco de reinfecção, além da existência de outras variáveis da Covid-19. Especialistas também alertam que o uso da máscara permanece necessário mesmo após a pessoa ser vacinada.

Fonte: Yahoo 

Facebook Comments

você pode gostar