Anadia/AL

4 de agosto de 2021

Anadia/AL, 4 de agosto de 2021

CRB bate o Confiança por 3 a 2 e conquista a primeira vitória em casa na Série B

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 12 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
12-06-2021_CRB_X_Confianc_a_2_AC_.2e16d0ba.fill-1120x650 (1)

Por Daniel de Oliveira – Dudu marcou no final e garantiu a vitória regatiana –  20:33
O CRB vai muito bem, obrigado! Logo após de conquistar uma sequência histórica – vencendo o Cruzeiro e o Palmeiras fora de casa – o Galo engatou o seu terceiro triunfo consecutivo. No dia dos namorados, o Galo presenteou a sua apaixonada torcida ao bater o Confiança por 3 a 2 no Rei Pelé. Esta foi a primeira vitória da equipe em casa nesta Série B.

Na partida válida pela terceira rodada, Alisson Farias, Hyuri e Dudu marcaram os gols da vitória regatiana. Neto Berola, ex-CSA, e Alex Henrique anotaram os tentos da equipe sergipana.

Com este resultado, o Regatas integra o grupo dos quatro primeiros da competição de forma parcial. Somando sete pontos, o time alvirrubro ocupa a vice-liderança. Por outro lado, o Dragão fica no meio da tabela, na 10ª posição, com apenas três pontos.

O Galo volta em campo pela Série B daqui a três dias. A equipe regatiana irá encarar um desafio fora de casa contra o Goiás nesta terça, às 21h30. A partida será realizada no Estádio da Serrinha, na capital goiana. Já o Confiança, no mesmo dia e horário, receberá o Brasil de Pelotas em Aracaju, no Batistão.

No Rei Pelé, Galo engatou a terceira vitória consecutiva – Foto: Ailton Cruz

Primeiro tempo

A partida teve um início que aparentava monotonia, cenário que se consolidou nos primeiros dez minutos. Foi exatamente neste momento que o Galo abriu o placar. Alisson Farias enfiou uma grande bola para Hyuri, que deixou o atacante na cara do gol. O camisa 9 chutou rasteiro e o goleiro Rafael Santos, com a perna, defendeu. No rebote, a bola voltou para Alisson, que, fora da área, chutou para a meta vazia e fez o primeiro tento regatiano.

Porém, a vantagem alvirrubra durou pouco tempo. Dois minutos depois, após uma resposta imediata, o Dragão chegou ao empate. Após cruzamento de Luciano Juba, Neto Berola, ex-CSA, aproveitou a falha do lateral regatiano Guilherme Romão e, de cuca legal, estufou as redes do Galo e igualou a parada.

Depois de perder a vitória parcial, o Regatas partiu para cima em busca do segundo. Os alvirrubros quase marcou em uma cabeçada de Hyuri aos 15′, mas aos 17′, conseguiu achar o caminho das redes novamente. Hyuri saiu na cara do gol após um novo passe enfiado, desta vez de Reginaldo, e teve tranquilidade e frieza para colocar no cantinho.

Hyuri anotou o segundo tento do Regatas – Foto: Ailton Cruz

Posteriormente, o técnico Allan Aal foi forçado a sacar a sua melhor peça. Diego Torres sentiu e teve que ser substituido. Desde então, o Dragão voltou a crescer e conseguiu chegar o empate aos 22 minutos. Neto Berola acionou Leandro na linha de fundo, que cruzou rasteiro praticamente na pequena área para Alex empurrar para o fundo do gol.

A partir de então, a partida voltou a ficar equilibrada novamente. Por outro lado, o time sergipano conseguiu ocupar mais o campo ofensivo e o Galo passou a construir suas jogadas no meio campo. Os regatianos passaram a chegar perto através de jogadas pontuais. O panorama seguiu o mesmo e a primeira etapa, que foi estendida até os 47′, terminou em um empate de 2 a 2.

Primeiro tempo foi marcado pela alta intensidade no início – Foto: Ailton Cruz

Segundo tempo

A etapa complementar foi bem menos emocionante que a etapa complementar. Diferentemente da metade do primeiro tempo até o seu final, onde o Dragão ficou mais com a posse da redonda, o Galo iniciou aplicando um volume considerável na zona de ataque. Mesmo estando mais com a bola, os alvirrubros não conseguiram criar chances reais.

Porém, o time sergipano acordou depois da faixa dos 18 minutos e passou a ser mais proativo no ataque. A melhor chance criada pelos visitantes – talvez a melhor do segundo tempo – aconteceu exatamente aos 20′, quando Iago cruzou à meia altura, fez a bola atravessar a área perigosamente e Alex Henrique desviou para fora.

Depois dos 30 minutos, o Regatas cresceu consideravelmente e aplicou uma certa pressão na defesa sergipana. Porém, assim como no início da etapa complementar, os alvirrubros não conseguiram acertar o pé e não levaram perigo à meta defendida por Rafael Santos.

Mas, como diz o ditado: “agua mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. O Galo seguiu insistindo e conseguiu marcar o gol da vitória aos 39 minutos. Após cruzamento Reginaldo, Dudu apareceu na segunda trave e, de cabeça, encobriu o goleiro alviceleste e deu números finais à partida. O Dragão até tentou empatar na reta final, mas não deu para evitar a vitória regatiana por 3 a 2.

Galo pressionou e conquistou a vitória no fim – Foto: Ailton Cruz

Ficha técnica

CRB – Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Frazan e Guilherme Romão (Alexandre Melo); Marthã (Claudinei), Jean Patrick e Diego Torres; Ewandro (Erik), Alisson Farias (Calyson) e Hyuri. Técnico: Allan Aal.

Confiança – Rafael Santos; Leandro, Victor Sallinas, Bareiro e Luciano Juba; Bruno Sena, Álvaro (Rafael Vila) e Daniel Penha; Neto Berola (Willians Santana), Luidy (Iago Silva) e Alex Henrique (Lucas Barcelos). Técnico: Rodrigo Santana.

Árbitro – Ivan da Silva Guimarães Júnior (AM).

Assistentes – Jander Rodrigues Lopes (AM) e Hugo Agostinho Chaves da Paixão (AM).

Fonte: Gazeta Web



Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter