Ovacionado como se fosse algum tipo de “celebridade”, o ex-prefeito da cidade de Maribondo, Leopoldo Pedrosa, preso em 2019 com 1kg de cocaína pura e uma arma de fogo, foi recebido ontem, dia 17, pela população de Maribondo com festa e carreata após sair do Sistema Prisional.

Sua mãe e atual prefeita da cidade, Leopoldina Amorim, organizou a recepção do filho com uma carreata e publicou uma série de fotos e vídeos registrando a chegada.

Nas imagens pessoas se aglomeram para tirar fotos e cumprimentar Leopoldo. O ex-prefeito disse na rede social que “tudo é guiado por Deus e eu digo sempre, eu amo meu povo. Vou dar a minha vida pelo meu povo”.

A prefeita agradeceu e publicou em seu perfil numa rede social que “tudo é no tempo de Deus e hoje foi o tempo de te encontrar novamente e te dar um abraço que desejei como nunca. Meu filho você está de volta aos meus braços novamente, obrigada meu Deus e minha Santíssima Senhora”.

O caso

Em dezembro de 2019, Leopoldo Pedrosa foi preso num bar em Arapiraca, acusado de ser o mandante da morte de um corretor de imóveis em 2015. No momento da prisão foi encontrado 1kg de cocaína pura, avaliada em R$ 50 mil e uma arma sem registro.

No dia 11 de março, o desembargador Washington Luiz revogou a prisão domiciliar e decretou que Leopoldo Pedrosa fosse levado para prisão em regime fechado, no sistema prisional do estado. Como não foi localizado, segundo a polícia, ele já era considerado foragido.

O ex-prefeito de Maribondo Leopoldo Cesar Amorim Pedrosa foi preso no dia 02 de maio de 2020, na cidade de Paripueira. 

De acordo com informações da polícia, o acusado estava foragido da Justiça e no momento da prisão ele estava com a tornozeleira eletrônica rompida e portava um revólver calibre 38.

Fonte: Cada Minuto