Anadia/AL

4 de agosto de 2021

Anadia/AL, 4 de agosto de 2021

‘Serial killer’ do DF: Arma deixa você dormir em paz em casa, diz Bolsonaro

Por GyanCarlo

Em 18 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vv

Autor de uma chacina no Distrito Federal, Lázaro está foragido há 9 dias e cerca de 200 policiais trabalham nas buscas. (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images) | 07:32

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) falou pela 1ª vez sobre o caso do “serial killer do DF”, Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos. Procurado há 9 dias, o criminoso aterroriza cidades do Distrito Federal e Goiás e é alvo de uma caçada envolvendo centenas de policiais.

“Tem mulher aqui, né? Vocês queriam ter uma arma? Arma deixa você dormir em paz em casa”, disse Bolsonaro, a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada. 

O chefe do Executivo federal completou ainda dizendo que “antes não tinha solução” para brasileiros que tinham o pedido negado ao solicitarem a posse de armas de fogo. “Agora, aumentou muito (o número de cidadãos armados)”, afirmou Bolsonaro.

Autor de uma chacina no Distrito Federal, Lázaro está foragido há 9 dias e cerca de 200 policiais trabalham nas buscas. Ele já escapou da detenção três vezes e, além dos assassinatos, é acusado de invasão de chácaras, sequestro, roubo de veículo e também de ferir um policial.

A PM informou que ele disparou 15 tiros contra policiais militares de Goiás, em Cocalzinho, durante a sua fuga.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, conta que o foragido segue um ritual para matar suas vítimas. Ele descreveu Lázaro como “psicopata” e uma pessoa que tem facilidade de se esconder, por ser mateiro e caçador.

Lázaro é condenado por um homicídio na Bahia, e também era procurado por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo no DF e em chácaras do estado de Goiás. Segundo a polícia, ele morou no Sol Nascente, no Distrito Federal, e em Águas Lindas de Goiás, no Entorno.

Na noite desta quarta-feira (16), surgiram boatos de que ele teria sido capturado, mas as Polícias Civil e Militar do Distrito Federal e de Goiás negaram a informação.

Fonte: Yahoo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter