Anadia/AL

29 de julho de 2021

Anadia/AL, 29 de julho de 2021

Jovem de 22 anos faz delivery a pé em Maceió para manter a família

Por GyanCarlo

Em 28 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv

É difícil acreditar, mas Alexsandro Braz da Silva, de 22 anos, trabalha fazendo entregas a pé em Maceió. Essa foi a forma que o jovem encontrou para conseguir dinheiro para ajudar a sua mãe e manter a casa. Alexandro também espera comprar uma moto para ajudar em seu trabalho e uma campanha na internet já vem ajudando o jovem a realizar o seu sonho.

À Gazetaweb, Alexandro disse que vem trabalhando como entregador de comidas há uma semana, após receber a ligação do dono de uma pizzaria localizada no bairro da Mangabeiras, oferecendo o trabalho. Por precisar do dinheiro, ele aceitou, mesmo não tendo um transporte que o ajudasse a realizar as entregas. Alexandro fica responsável pelas entregas para locais perto do estabelecimento e, apesar das dificuldades, não pensa em desistir.

“A dificuldade existe em qualquer momento da nossa vida, porém, temos que seguir e superá-la. Estou trabalhando há uma semana como entregador de comidas e estou gostando. Faço entregas a pé e quero comprar uma moto no futuro, mesmo não sabendo pilotar. Mas vou aprender. Isso está entre meus objetivos. Além disso, preciso ajudar minha mãe, que tem pressão alta e necessita de remédios”.

Alexandro não terminou os estudos e não sabe ler e nem escrever. No entanto, isso não desanima o jovem. Dedicado e esforçado, ele decora os números das casas que precisa fazer as entregas e segue a viagem. “Eu peço para lerem o bairro e decoro tudo na mente. Daí, sigo para fazer as entregas. Sempre em lugares próximos”, acrescentou o jovem, que mora no Benedito Bentes, na parte alta de Maceió, e que também precisa decorar as linhas de ônibus para poder se locomover na cidade.

Sua mãe, Maria Salete, apesar da preocupação, se diz orgulhosa do filho. “No começo, não aceitava a ideia de Alexsandro sair para trabalhar dessa forma. Ela não sabe ler e a dificuldade já começa quando ele precisa pegar um ônibus para poder chegar no trabalho. Fico preocupada se ele vai se perder e se vai conseguir realizar as entregas. Mas ele já colocou na cabeça que deseja continuar e eu só tenho uma coisa a fazer: apoiá-lo.

No último sábado (26), entre uma entrega e outra em Maceió, Alexsandro foi parado por um motorista que se sensibilizou com a sua história. Em um vídeo, o homem contou uma breve história de Alexsandro, e a filmagem logo viralizou nas redes sociais. Assim, uma campanha foi iniciada na internet, a fim de ajudar o jovem. Alexsandro contou que já vem recebendo ajuda e que está muito feliz.

Quem quiser ajudá-lo, basta realizar um pix para a chave 10035979470.

Fonte: Gazeta Web  

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter