Anadia/AL

8 de dezembro de 2021

RÁDIO ABN NEWS

Anadia/AL, 8 de dezembro de 2021

Seris e Seduc iniciam parceria para reforma estrutural em escolas da rede estadual

Por GyanCarlo

Em 28 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv

Foto: Assessoria / 17:15

Reconstruir para educar. É com este objetivo que as secretarias da Educação (Seduc) e da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) uniram esforços para proporcionar um retorno seguro às aulas presenciais em Alagoas, a partir da reforma de escolas da rede pública estadual pelos reeducandos do Sistema Prisional. A parceria teve início, nesta semana, com as obras de reestruturação da Escola Estadual Tarcísio de Jesus, que já tem previsão de entrega para o mês de julho.

O projeto tem como finalidade a reforma de 25 escolas da capital e interior que precisam de intervenções pontuais antes de serem reabertas para a retomada das aulas presenciais, além do fomento ao processo de ressocialização. Isso porque, os egressos do sistema prisional alagoano também são parceiros do projeto da Educação “Minha Escola Nova”, por meio do qual o Governo de Alagoas vai investir R$ 470 milhões na manutenção e construção de unidades de ensino.

“Esse é um programa inédito, que está colocando reeducandos do sistema prisional para reformar escolas do nosso estado. A parceria, que foi firmada com o secretário coronel Marcos Sérgio, atende três vertentes importantes. A primeira é melhorar a infraestrutura das unidades de ensino; a segunda, garantir a qualificação da mão de obra de trabalho dos reeducandos; e, por fim, reduzir a cada três dias de serviço prestado um dia da pena dos egressos do Sistema Prisional. É um projeto muito importante que toda a sociedade saí ganhando”, salienta o secretário da Educação, Rafael Brito.

Ao todo, 25 reeducandos que cumprem pena nos regimes aberto e semiaberto – todos assistidos por meio do projeto Uma Nova História, com o qual a Seris oportuniza qualificação profissional, emprego e renda à população egressa – participam do projeto. Eles desenvolvem uma série de atividades, incluindo reparos nas instalações elétrica e hidráulica, graças à parceria da Reintegração Social da Seris com 49 instituições públicas e privadas, com objetivo de fortalecer a realocação no mercado de trabalho.

Para o secretário da Ressocialização e Inclusão Social, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, a parceria com a Seduc reflete a integração entre os órgãos do governo estadual em prol de uma educação de qualidade. “Seguindo a orientação do governador Renan Filho, iniciamos os trabalhos no sentido de garantir todas as condições necessárias ao retorno seguro das atividades nessas escolas e, paralelamente, ofertar ao egresso a oportunidade de reconstruir sua própria história por meio do trabalho”, analisou.

Fonte: Tribuna Hoje

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter