Anadia/AL

4 de agosto de 2021

Anadia/AL, 4 de agosto de 2021

No finalzinho, CRB arranca empate com o Náutico, no Rei Pelé: 1 a 1

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 30 de junho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
29-06-2021_CRB_X_Nautico_2_AC_249.2e16d0ba.fill-1120x650

Por Fernanda Medeiros – Foto: Ailton Cruz – 07:38
O CRB não fez um bom futebol, começou perdendo, mas, no finalzinho, conseguiu arrancar o empate com o líder Náutico, por 1 a 1, em partida que fechou os jogos marcados para esta terça-feira (29), pela 8ª rodada da Série B. O Timbu abriu o placar aos 14 minutos do segundo tempo, com Erick. Já o Regatas fez o gol da igualdade aos 45 minutos, com Caetano.

O próximo confronto do CRB, pela 9a rodada, será o Clássico das Multidões, contra o rival CSA, no sábado (3), às 18h30, no Rei Pelé. Quanto ao Timbu vai receber o Operário-PR, um dia antes, sexta-feira (2), nos Aflitos, em Recife-PE.

1º Tempo

Náutico fez o gol na primeira etapa – Foto: Ailton Cruz

O jogo começou com o CRB tomando a iniciativa, mas encontrava um Náutico atrapalhando as suas saídas de bola. Aos 7 minutos, a primeira boa chance foi do Galo: Diego Torres recebeu a bola no ataque e chutou, mas Yago interceptou e mandou a bola pela linha de fundo, em escanteio. Na cobrança, o goleiro Alex Alves afastou o perigo de soco. A pressão era do CRB, que teve outros dois escanteios em seu favor, mas todos não resultaram em nada.

Chegando aos 15 minutos, o jogo era bem disputado, movimentado, com o CRB jogando de igual para igual com o Náutico. Aos 17 minutos, Alisson Farias levantou a redonda na área, a defesa do Timbu afastou mal e ela sobrou para Hyuri, mas o árbitro marcou impedimento. Aos 20 minutos, o Náutico chegou com perigo, quando Hereda finalizou cruzado, mas a bola foi nas mãos de Diogo Silva.

O equilíbrio das duas equipes já não seguia mais na partida, pois o CRB passou a dar mais espaços ao Náutico. Isso com o cronômetro aproximando-se dos 30 minutos de bola rolando. Nesse tempo de jogo, o Náutico teve uma boa oportunidade. Jean Carlos deu um chutão na bola e o goleiro do Galo defendeu, soltou, mas depois pegou de novo, em dois tempos. Aos 31 minutos, de novo o Timbu chegou com perigo: Bryan invadiu a área e chutou forte, mas, mais uma vez, Diogo Silva salvou o time regatiano.

O CRB tinha dificuldades para ir ao ataque e o Náutico pressionava. Aos 37 minutos, Marciel ficou com a sobra da bola e finaliza com perigo, de primeira, mas Diogo Silva defendeu, agarrando a redonda no meio do gol. Aos 39’ o Galo tentou: Hyuri foi acionado no campo de ataque, mas Alex Alves saiu do gol e afastou de forma providencial. Aos 42’ de novo o CRB, em jogada rápida, chegou com perigo, desta vez com Erick. Ele chutou, mas fraquinho, e Alex Alves defendeu.

O duelo chegava aos 45 minutos e o árbitro decretou apenas 2 minutos de acréscimos. E, aos 47 minutos, a partida foi encerrada por Zandick Gondim Alves Júnior, em seu primeiro tempo, com o placar na igualdade sem gols: 0 a 0 no Rei Pelé.

2º Tempo

CRB arrancou o empate no finalzinho, com gol de Caetano – Foto: Ailton Cruz

Na segunda etapa, logo aos 3 minutos, o CRB teve uma falta em seu favor. Na cobrança, Hyuri bateu forte e obrigou o goleiro Alex Alves a fazer uma grande defesa, salvando o Náutico. Aos 8 minutos, de novo o Galo teve boa oportunidade, quando chegou com perigo: Hyuri recebeu na área, dominou e bateu de pé direito, rasteiro, mas fraco, e Alex Alves fez a defesa sem problemas.

O Náutico teve duas chances perigosas. Na primeira, aos 11 minutos, Jean Carlos arriscou de fora da área e Diogo Silva desviou para escanteio, com a bola batendo na rede pelo lado de fora. Na cobrança, aos 12 minutos, Jean Carlos colocou na cabeça de Vinícius, que levou perigo à trave esquerda de Diogo Silva. O gol do Timbu estava maduro e saiu aos 14 minutos. Erick recebeu de Hereda, puxou a marcação de Romão e bateu com precisão, no canto esquerdo e Diogo Silva, que nada pôde fazer: 1 a 0 para os pernambucanos.

Passando dos 20 minutos, o Náutico seguia pressionando o CRB, que tentou com Hyuri. Ele recebeu na área, mas bateu desequilibrado e a bola ficou fácil para Alex Alves defender. O CRB queria o gol de empate e passou a pressionar o Timbu. Aos 28 minutos, Gum acionou Romão que cruzou da linha de fundo, mas a defesa do Timbu afastou e cedeu escanteio. Na cobrança, a zaga afastou.

Passando dos 30 minutos, só dava CRB. Aos 31’, Diego Torres tabelou e recebeu a pelota de frente para o gol, mas Trindade apareceu e cortou no momento certo, mandando para escanteio. Aos 32, Jean Patrick bateu mal e a bola saiu pela linha de fundo sem perigo nenhum.

Os técnicos das duas equipes passaram a fazer mais substituições a partir dos 35 minutos. O CRB para tentar fazer o gol; e o Náutico, com o objetivo de segurar o resultado. Com as mudanças, o Timbu passou a adiantar as suas linhas e complicava a saída de bola do Galo.

Aos 40 minutos, o CRB teve uma chance, em cobrança da falta, mas Diego Torres pegou muito embaixo da bola e mandou para muito longe do gol, desperdiçando a chance. O árbitro determinou cinco minutos de acréscimos e o time regatiano insistia, em busca do gol da igualdade e ele veio aos 45 minutos. Romão cruzou da linha de fundo e Caetano, de primeira, deu um belo chute, para empatar o jogo: 1 a 1. E aos 50 minutos, o duelo foi encerrado com a igualdade no placar.

CRB melhorou em campo no segundo tempo – Foto: Ailton Cruz

CRB – Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Romão; Claudinei (Wesley), Jean Patrick (Carlos Jatobá) e Diego Torres; Erik (Nicolas Careca), Alisson Farias (Ewandro) e Hyuri. Técnico: Allan Aal.

Náutico – Alex Alves; Hereda, Yago (Marciel), Wagner Leonardo e Bryan; Trindade, Rhaldney (Luiz Henrique) e Jean Carlos; Erick, Vinícius (Vargas) e Paiva (Matheus Carvalho). Técnico: Helio dos Anjos.

Árbitro – Zandick Gondim Alves Junior (CBF-RN).

Assistentes – Vinícius Melo de Lima (CBF-RN) e Luis Carlos de França Costa (CBF-RN).

Quarto árbitro – Márcio dos Santos Oliveira (CBF-AL).

Fonte: Gazeta Web



Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter