Anadia/AL

2 de agosto de 2021

Anadia/AL, 2 de agosto de 2021

Ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunização diz que Bolsonaro prejudicou o processo de vacinação no Brasil

Por GyanCarlo

Em 8 de julho de 2021

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
vvvv
Francieli Fantinato e Bolsonaro (Foto: Pedro França/Agência Senado | REUTERS/Ueslei Marcelino) / 14:40

A ex-coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde Francieli Fantinato, em depoimento concedido à CPI da Covid-19 nesta quinta-feira (8), disse que Jair Bolsonaro prejudicou o processo de vacinação no Brasil.

“Eu, enquanto coordenadora do programa de imunização, preciso de apoio. Quando um líder da nação não fala favorável à vacinação, a minha opinião pessoal é que isso pode trazer prejuízos”, declarou. 

A ex-servidora seguiu suas críticas a Bolsonaro e disse que “há de se convir que não dá pra se colocar em dúvida a vacinação quanto um meio efetivo da pandemia”. 

“Temos a ciência e os resultados apontam que aquilo [ a vacinação] pode trazer um resultado para a população, mas existe uma politização do assunto, por meio do líder da nação, que traz elementos que muitas vezes colocam em dúvida”, criticou. 

Ela ainda disse que deixou o “cargo por questões pessoais”. “Eu estou no cargo desde outubro de 2019 no PNI. Venho trabalhando incansavelmente e pelos últimos acontecimentos da politização do  assunto, em relação ao processo de vacinação, eu decidi seguir os meus planos pessoais”, disse. 

Fantinato pediu demissão do cargo no último 30 de junho e foi formalmente exonerada nesta quarta-feira. A ex-servidora está entre os nomes investigados pela comissão e é alvo de quebra de sigilos telefônico e telemático.

Fonte: Brasil 247 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter