Assessoria / Aulas | 09:51
Com a maioria dos profissionais da Educação já com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 já aplicada, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal-AL) aponta para condições do retorno das atividades escolares, prevista para ocorrer no dia 16 de agosto. 

Mesmo com essa perspectiva, a presidente da entidade salienta que é necessário que todos os profissionais sejam testados para a Covid-19 antes do retorno presencial, além de um plano para as escolas que não apresentam uma estrutura mais adequada. 

Segundo Consuelo Correia, algumas escolas são pequenas, com pouca ventilação e pode provocar aglomeração nas salas de aulas. Ne primeiro momento, retorno será inicialmente no formato híbrido – com atividades presenciais e não presenciais –, com 50% dos estudantes devidamente matriculados em cada turma.

O Sinteal estará na próxima semana reunido com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para discutir alguns pontos. Além disso, a entidade afirma que irá viabilizar para que os profissionais portadores de comorbidades continuem afastados do trabalho presencial. 

Com essa data do dia 16, a previsão é de que, até esta data todos os profissionais da rede estadual já tenham recebido a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

De acordo com a Seduc, cada escola promoverá ampla divulgação sobre o retorno híbrido junto à comunidade escolar, bem como a preparação dos espaços físicos com base em todos os protocolos e normas preventivas estabelecidas pelos órgãos sanitários.

Fonte: Cada Minuto