seleção brasileira fez nesta sexta-feira o último treinamento antes da final da Copa América, neste sábado, contra a Argentina, às 21h (de Brasília), no Maracanã.

Na Granja Comary, o técnico Tite contou com plantel completo, já que o lateral-esquerdo Alex Sandro foi liberado para se juntar ao restante do elenco no trabalho. O único desfalque, portanto, será o atacante Gabriel Jesus, que está suspenso.

Após o aquecimento, que foi o único momento do treino liberado para a imprensa na CBF TV, os atletas realizaram uma série de treinamentos táticos.

Primeiro, foi feito o chamado “Rec 5”, que é um trabalho de “perde-e-pressiona” e recuperação de posse de bola em até cinco segundos.

‘Se a gente perder, com certeza vão dizer muitas coisas negativas da seleção’, lamenta Thiago Silva

Zagueiro da seleção brasileira concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, véspera da decisão da Copa América

O conceito é amplamente explorado por Tite e sua comissão técnica.

Depois, foi realizado um treino de movimentação ofensiva, sem enfrentamento e com intensidade mais baixa, já voltado para a decisão contra os Argentinos.

Na sequência, os atletas realizaram práticas de bola aérea ofensiva, depois de treinarem bola aérea defensiva na última quinta.

Por fim, os atletas finalizaram com cobranças de pênaltis, já que, se a partida terminar empatada no Maracanã, a Copa América será decidida na marca da cal.

A provável escalação para a partida é: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Paquetá; Everton “Cebolinha”, Neymar e Richarlison. Thiago Silva serão o capitão.

Thiago Silva celebra 10% de público na final da Copa América: ‘Aos poucos as coisas vão ter que voltar a acontecer’

Zagueiro da seleção brasileira concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, véspera da decisão da Copa América

O Brasil deixa a Granja Comary às 20h30 (de Brasília) e se desloca para o Rio de Janeiro, onde passará a noite.

A grande final da Copa América será neste sábado, às 21h (de Brasília), no Maracanã.

O Brasil tenta o bicampeonato na competição da Conmebol, enquanto a Argentina tenta findar seu jejum de títulos que vem desde 1993.

Fonte: ESPN